Vereadores prestigiam entrega de títulos de cidadania à ministra Damares Alves

Vereadores prestigiam entrega de títulos de cidadania à ministra Damares Alves
maio 02 13:57 2019 Imprimir Conteúdo

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Nitinho (PSD), juntamente com os vereadores Pastor Alves (PRB), Américo de Deus (Rede), Emília Corrêa (Patriota), Zé Valter (PSD), Fábio Meireles (PPS) e Cabo Didi (Sem partido), prestigiaram na manhã desta quinta-feira, 2, da entrega do título de cidadania aracajuana e sergipana à ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. A solenidade foi realizada na Assembleia Legislativa de Sergipe.

A honraria ao título de cidadania aracajuana foi de autoria do vereador Pastor Alves (PRB) e o título de cidadania sergipana, autoria do ex-deputado estadual, Pastor Antônio. “É um prazer imenso conceder o título de cidadania aracajuana para a ministra. Os dois títulos são reconhecimentos justos, pois ela defende a criança, os indígenas, a mulher e toda a família. E foi aqui em Sergipe e em Aracaju que ela começou a sua trajetória”, explicou Pastor Alves.

Segundo o presidente Nitinho, os títulos são merecidos. “Parabenizo o vereador Pastor Alves e também o amigo Pastor Antônio pelas honrarias à ministra Damares. Espero que ela possa aproveitar esse título para trazer bons frutos para o nosso Estado, pois ela fala em todos os cantos que ama a nossa cidade e o nosso estado. Parabéns, muito sucesso a nova sergipana e aracajuana”, afirmou.

O vereador Américo de Deus também parabenizou as honrarias à ministra. “Tenho certeza que não só Aracaju e Sergipe, mas todo o Brasil está ganhando com Damares neste ministério. Estamos premiando uma pessoa que já contribuiu e contribuirá muito para o fortalecimento do nosso município e estado”, destacou o vereador.

Os parlamentares Fábio Meireles e Zé Valter também elogiaram a entrega do título. “A ministra Damares faz questão de dizer que é sergipana, tem satisfação em falar que é nordestina. É uma grande mulher, que merece esses títulos”, disse Fábio Meireles.

Foto Gilton Rosas

por Fernanda Sales

  Editoria: