Vereadora diz que Prefeitura tem quadrilha de Fake News e afirma não recebe “mensalinho” para apoiar a gestão

Vereadora diz que Prefeitura tem quadrilha de Fake News e afirma não recebe “mensalinho” para apoiar a gestão
maio 09 07:54 2020 Imprimir Conteúdo

Na última terça-feira (05), a vereadora Dilma da Colônia (MDB) fez denúncias graves sobre a administração de Propriá. No plenário da Câmara Municipal, a parlamentar disse que na Prefeitura há uma quadrilha responsável pela produção de Fake News e afirmou que, diferente de alguns membros do legislativo, não recebe mensalinho e nem mensalão para apoiar a gestão de Iokanaan Santana.

“Foi eleito para fiscalizar a administração pública ou para fiscalizar uma colônia de pescadores? Eu só queria que povo de Propriá respondesse isso para ele. Pensei que essa novela já tinha encerrado”, disse Dilma, se referindo ao vereador Júnior de São Miguel (PL), que teria questionado o fato a colega ter direito ao auxílio oferecido pelo Governo Federal aos pescadores.

“O prefeito está deitando e rolando nos recursos públicos, enquanto a população está passando necessidade. Mas o vereador Júnior de São Miguel só está preocupado com a colônia de pescadores”, alfinetou Dilma, destacando que o colega está sendo manipulado.

De acordo com a parlamentar, existe um grupo que vem agindo de má fé para difamar a imagem dela e de outros vereadores que apontam, constantemente, as diversas falhas na gestão do atual prefeito.

“Já inventaram Fake News envolvendo os vereadores Jairo, Samuel, o presidente dessa Casa e agora estão usando meu nome. Vocês já observaram que há uma quadrilha organizada de fake news dentro da Prefeitura de Propriá? O povo precisa saber disso”, denunciou.

Segundo Dilma, ser aliado de Iokanaan Santana é bastante lucrativo, mas ela não escolheu esse caminho. “A vereadora Dilma não é mentirosa ou corrupta. Eu nunca recebi mensalinho ou mensalão para ficar contra o povo. Talvez seja por isso que estou incomodando”.

“O povo de Propriá quer saber quanto custa mudar o discurso”, disse Dilma, destacando que tomará as devidas providências para acionar a justiça e mostrar a verdade dos fatos.

Munir Darrage

  Editoria: