Reajuste nem em sonho

Reajuste nem em sonho
janeiro 22 08:15 2020 Imprimir Conteúdo

Os servidores estaduais começam mais um ano sem esperança de terem os salários reajustados. Aliás, a turma já está se acostumando em receber o benefício com atraso de quase meio mês, pois o governo insiste em torrar recursos públicos para abrigar políticos sem mandatos e apadrinhados em gordos cargos comissionados. Em outras palavras: quem realmente toca a máquina estatal continuar ganhando miséria, apertando o cinto, passando fome. Há muito, os servidores aderiram à dieta do ovo, um dos poucos alimentos que ainda conseguem comprar. E a justificativa para a velhacaria do Executivo é de que as despesas com pessoal estão acima do limite prudencial. Na verdade, não há dinheiro para pagar em dia os coitados dos servidores e aposentados porque o governo sempre desperdiçou para agradar quem nada faz, como ditas lideranças políticas do interior. Estes bem pagos “come e dorme” embolsam uma grana preta apenas para integrar a claque de puxa saco encarregada de aplaudir o chefe de plantão. Desconjuro!

Bola fora

E o Ministério Público Federal parece ter dado um tiro no pé ao denunciar o jornalista Glenn Greenwald sem que este tenha sido investigado ou indiciado. O suplicante denunciado vem a ser editor do The Intercept Brasil, portal que tornou público conversas malcheirosas entre o ex-juiz Sérgio Moro e integrantes do Ministério Público Federal. Segundo o senador Rogério Carvalho (PT), “ao que parece, o MPF está acusando o jornalista para se defender da vergonha de não punir o procurador Deltan Dallagnol por tantos crimes”. Misericórdia!

Donos do posto

O Partido Cidadania anunciou a mudança da liderança da oposição na Assembleia. Os três deputados da legenda trocaram o líder Georgeo Passos por Samuel Carvalho e “elegeram” Kitty Lima como vice-líder do bloco. Estranhou-se a ausência na reunião do deputado oposicionista Rodrigo Valadares (PTB). O moço foi colocado de banda pelos três do Cidadania desde que ensaiou se candidatar a prefeito de Aracaju. Então fica combinado: quem decide pela oposição no Legislativo é o Cidadania e não se fala mais nisso. Aff Maria!

Chamada na grande

A prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro (SD), terá que explicar ao Ministério Público Estadual porque não fornece certidões de uso e ocupação do solo e alvarás à Codevasf. A papelada é fundamental para a pavimentação de ruas naquele município, obras avaliadas em R$ 11 milhões. Segundo o deputado federal Fábio Reis (MDB), a prefeita não libera a documentação só porque foi ele quem conseguiu os recursos para as obras. Homem, vôte!

Sonhar é livre

A depender do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), o rompimento político do PT com o prefeito Edvaldo Nogueira (sem partido) será apenas para a disputa da Prefeitura de Aracaju. O Galeguinho torce que os dois grupos voltem a se juntar depois das eleições municipais, deixando claro “que não se configurou um rompimento, mas apenas uma nova opção”. Chagas disse ao blog Primeira Mão esperar que os partidos de sua base aliada tenham juízo para que, passadas as eleições deste ano, não fiquem sequelas para 2022. O diabo é colocar isso em prática depois das escaramuças eleitorais. Marminino!

Propaganda do barulho

A oposição ao prefeito Edvaldo Nogueira (sem partido) jura que a publicidade sobre IPTU não passa de escancarada propaganda política. Os oposicionistas garantem que a administração incorre em crime ao alardear que “trabalho bem feito tem que continuar”. Em resposta, a Prefeitura acusa a oposição de querer paralisar as obras e serviços em Aracaju ou, no mínimo, frustrar a arrecadação de recursos: “É uma prática comum aos que apostam no abandono da cidade para lograr vantagem política”, fustiga a Prefeitura. Crendeuspai!

Lembrando benefícios

Pré-candidato a prefeito de Itabaiana, o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) tem lembrado dos recursos destinados por ele ao município. Segundo o tucano, durante seus mandatos parlamentares destinou emendas no valor de R$ 2,4 milhões para a Prefeitura serrana comprar patrol, patrulha mecanizada, escavadeira hidráulica e trator agrícola. Amorim diz que o maquinário foi essencial para a pavimentação de ruas, limpeza da rede de esgoto e recuperação de estradas. Resta saber se estes benefícios vão influenciar o prefeito Valmir de Francisquinho (PR) na hora dele escolher quem disputará a sua cadeira. Danôsse!

Vai à luta

O ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) só não bateu o martelo ainda, mas é quase certo que disputará a Prefeitura de Aracaju. Ele lembra que nas eleições de 2016 (prefeitura da capital) e 2018 (governo de Sergipe) “o eleitorado de Aracaju “me deu quase 48% dos votos válidos. Isso me enche de responsabilidade, jamais lavarei as mãos para a cidade”. Ao analisar ao governo aracajuano, Vavazinho disse que se trata de uma administração da mentira e do atraso em Aracaju: “Existe um marketing eleitoral preparado por eles para enganar novamente a população”. Arre égua!

Pé na estrada

Recesso parlamentar não significa pausa nos trabalhos. Quem pensa assim é a jovem deputada estadual Maisa Mitidieri (PSD). Ela tem aproveitado as “férias” do parlamento para visitar aliados e prestigiar eventos religiosos no interior. Somente esta semana, Maisa participou de reuniões políticas em Poço Redondo e Santa Luzia do Itanhy, além de procissões religiosas em Poço Verde e em Maruim. A deputada afirma que nas orações para São Sebastião e Senhor dos Passos, padroeiros dos dois municípios, “agradeci por todas as graças alcançadas em 2019 e reforcei os pedidos para 2020”. Então, tá!

Candomblé em festa

Será no próximo dia 2, a Lavagem das Escadarias da Igreja Matriz de Socorro. Organizado pelas religiões de matriz africana, o evento visa homenagear Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira do município. Ao som dos atabaques e agogôs, a festa promete congregar adeptos, simpatizantes, autoridades e o povo. O Afoxé já faz parte no calendário cultural oficial de Socorro. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Estado de Sergipe, em 22 de junho de 1909.

  Editoria: