Prefeitura de Aracaju prorroga validade do decreto e mantém o isolamento até o dia 27

Prefeitura de Aracaju prorroga validade do decreto e mantém o isolamento até o dia 27
abril 24 14:12 2020 Imprimir Conteúdo

O prefeito Edvaldo Nogueira estendeu até a segunda-feira, 27, a validade do decreto 6.125/20, com as medidas de enfrentamento ao coronavírus em Aracaju. Neste sentido, continuam válidas as regras de isolamento e distanciamento social e as proibições de realização de eventos e funcionamento de centros comerciais, academias, teatros, cinemas, bares e restaurantes. A decisão de Edvaldo foi tomada na manhã desta sexta-feira, 24, após reunião do Comitê de Operações Emergenciais. Ele informou ainda a constituição de um grupo técnico para discutir quando e como se dará a retomada gradual dos setores produtivos.

“Tivemos uma reunião bastante produtiva, onde fizemos um balanço do avanço do coronavírus em Aracaju, a construção dos novos leitos, as UTIs existentes, de modo que observamos que os casos estão crescendo de maneira lenta, graças às medidas de isolamento social que tomamos até o momento. O nosso esforço é manter a curva enquanto montamos a estrutura para atendimento dos pacientes. Ao mesmo tempo, criamos um grupo para tratar da abertura dos setores e o retorno paulatino das atividades à luz da ciência, dos dados da saúde e de forma a evitar a propagação rápida do vírus”, afirmou o prefeito, ressalvando que a prorrogação do decreto segue decisão semelhante tomada pelo governador Belivaldo Chagas.

Na reunião do COE, Edvaldo e os secretários municipais abordaram a perspectiva de conclusão da montagem do hospital de campanha, o que deve ocorrer até o início de maio. A partir daí, o município passará a contar com 200 leitos clínicos para atendimento a pacientes com coronavírus. “Até meados de maio, teremos 200 leitos e estamos trabalhando para que este número possa chegar a 250, quantidade que consideramos suficiente para atender a demanda que surgirá à medida que os casos forem crescendo”, afirmou.

O prefeito voltou a ressaltar que “não há contradição entre a Saúde e Economia. “Claro que queremos que as coisas voltem à normalidade, queremos que as pessoas voltem a trabalhar, mas isso precisa ser de maneira organizada e cientificamente planejada, para que não signifique o aumento desordenado e acelerado dos casos. Queremos que as pessoas tenham um atendimento digno. Por isso, estamos tomando todas as medidas necessárias para, a partir daí, iniciar a reabertura gradual dos setores produtivos”, disse.

Quadro atual

O boletim de monitoramento da covid-19 em Aracaju, com dados atualizados até a noite de quinta-feira, 23, informa a realização de 909 testes. Existem 86 casos confirmados, 44 pessoas em condição suspeita para a doença e 779 casos descartados.

Foto Ana Licia Menezes

  Editoria: