Prefeitos malandros

Prefeitos malandros
junho 30 08:25 2020 Imprimir Conteúdo

Por Adiberto de Souza *

A proposta de adiar as eleições municipais de outubro para novembro revelou uma faceta malandra de alguns prefeitos. Mesmo admitindo que a Covid-19 é uma ameaça para os eleitores, muitos gestores querem que o calendário eleitoral seja mantido. O argumento deles é que as prefeituras só têm recursos para pagar aos servidores e outras despesas até outubro. Admitem que se ocorrer o adiamento do pleito eles atrasarão a folha de pessoal se darão mal nas eleições de novembro. Ora, depreende-se que os prefeitos querem se reeleger em outubro prometendo mundos e fundos para, já no mês seguinte, atrasar os compromissos, deixar a população a pão e água. Além de tudo, esse comportamento malandro de certos gestores cheira à chantagem com o governo federal, pois querem trocar o adiamento das eleições por mais recursos da União para fechar o ano. Tomara que os eleitores estejam acompanhando essa sacanagem para punir nas urnas os prefeitos espertalhões. Crendeuspai!

Pressão empresarial

Mesmo com o coronavírus fazendo vítimas a três por dois, o governo de Sergipe decidirá, hoje, se autoriza a reabertura de salões de beleza, barbearias e igrejas da Grande Aracaju. O anúncio será feito após o governador Belivaldo Chagas (PSD) se reunir com comitê de retomada da economia para alisar os números alarmantes da pandemia no estado. Tomara que a pressão dos empresários não amoleça o coração do governador. Home vôte!

Chapa puro sangue

Até no mais tardar a próxima semana, o PSTU definirá quem será o vice da chapa encabeçada por Gilvani Santos, pré-candidato a prefeito de Aracaju. “A escolha depende do conjunto do partido e das tarefas exigidas no momento, visto que nossa missão principal é apresentar uma saída estratégica para classe trabalhadora”, discursa Gilvani. Segundo ele, o PSTU não tem qualquer interesse em se aliar a outro partido. O prefeiturável afirma que o certo mesmo seria adiar as eleições deste ano, devido a pandemia da Covid-19. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Braços cruzados

Os entregadores de aplicativos prometem entrar em greve nesta quarta-feira. Eles exigem garantias mínimas para o trabalho, como um salário melhor, redução da jornada, melhor assistência e mais proteção contra a Covid-19. Segundo a CUT, 98% da categoria já decidiu cruzar os braços visando pressionar aplicativos como Rappi, iFood, UberEats, Loggi e James. Cabe à sociedade, que tem contado com estes profissionais agora na pandemia, apoiar a greve. Os entregadores estão certíssimos!

Desdentados

Segundo pesquisa da Edelman Insights,16 milhões de brasileiros não possuem um único dente, enquanto 39 milhões de pessoas usam próteses dentárias. O estudo revela que para 43% dos banguelos, a perda de dentes lhes atrapalha namorar ou paquerar. Outros 21% disseram que a condição lhes impediu de fazer novos amigos e 41% relataram dificuldades na pronúncia das palavras. Um horror!

Aposta no esquecimento

E o deputado federal Valdevan Noventa (PSC) tem se escudado no café da manhã que tomou, semana passada, com o presidente Jair Bolsonaro para tentar limpar sua imagem junto aos sergipanos. Na esperança de fazer o povo esquecer a malfadada festa promovida em sua fazenda, onde os brincantes se aglomeraram sem usar máscaras, Noventa propaga os resultados do regabofe no Palácio. O deputado comemora a promessa feita pelo presidente de concluir a eterna obra de duplicação da BR-101 em Sergipe. Marminino!

Tapa na macaca

Quase metade dos universitários já usou alguma droga ilícita ao menos uma vez. A experiência foi relatada por 49% dos estudantes entrevistados para o Levantamento Nacional sobre uso de Álcool, Tabaco e Outras Drogas entre Universitários. Além disso, um em cada quatro faz uso regular de drogas. A pesquisa revela ainda que 86% dos jovens já consumiram bebidas alcoólicas. Destes, 22% correm risco de desenvolver dependência de álcool. Santo Cristo!

Pesquisas proibidas

A Justiça proibiu a divulgação de duas pesquisas eleitorais realizadas em Lagarto. Ao atender o pedido de liminar impetrado pelo Cidadania, a juíza Caroline Valadares Bitencourt concordou que as consultas afrontaram a lei ao não incluir entre as perguntas os níveis de escolaridade e econômico dos entrevistados. Realizadas pelos institutos França e Disan com questões sobre a disputa para prefeito e vereador, as pesquisas seriam divulgadas quinta e sexta próximas. Danôsse!

Aglomeração investigada

A Secretaria da Segurança Pública escalou o delegado Jonathas Evangelista para investigar uma festa promovido no sítio do ex-prefeito de Japaratuba, Hélio Sobral (MDB). No comes e bebes, prestigiado pelo ex-deputado federal André Moura (PSC) e pelo deputado estadual Zezinho Sobral (PODE), as pessoas se aglomeraram sem usar máscaras ou qualquer proteção para a Covid-19. A afronta ao decreto do governo visando conter o coronavirus foi denunciada pelo blog do jornalista Cláudio Nunes. Bem feito!

Fake news na pauta

De autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania), deve ser votado hoje, o Projeto de Lei contra fake news. Apesar de ser vinculado as notícias falsas, a propositura do cidadanista não trata de forma específica a respeito do tema ou sobre o contexto de liberdade de expressão. Na verdade, cria regras para que serviços e provedores na internet proíbam a ação de contas automatizadas, os robôs, e a criação de perfis falsos. É grande a oposição ao projeto do senador Alessandro Vieira. Há, inclusive, quem acredite que o Senado não aprovará a polêmica matéria. Aff Maria!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Imparcial, em 5 de abril de 1919.

* É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: