Polícia civil e Adepol lamentam a morte do delegado Carlos Eduardo

Polícia civil e Adepol lamentam a morte do delegado Carlos Eduardo
novembro 25 05:04 2019 Imprimir Conteúdo

A Polícia Civil do Estado de Sergipe emitiu, na noite deste domingo (24), assinada pela delegada geral, Katarina Feitoza Lima, em que “manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do delegado de Polícia Civil do Estado de São Paulo, Carlos Eduardo Benito Jorge, Presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol)”.

Veja a nota da Adepol

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE) e o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Sindepol/SE) também emitiram Nota de Pesar, assinada pelo seu presidente, Isaque Cangussu, que diz:

“É com profundo pesar, que a lamentam o falecimento do presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol Brasil), Carlos Eduardo Benito Jorge.

Carinhosamente conhecido por todos como “Dudu”, o Delegado faleceu na manhã deste domingo, 24, em Catanduva-SP, onde estava internado há dois dias, após sofrer um infarto.

Carlos Eduardo Benito Jorge era Delegado de Polícia da classe Especial do Estado de São Paulo, e exerceu a presidência da Adepol Brasil durante quatro mandatos, 2006/2008, 2009/2011, 2015/2017, 2018/2019.

Engajado e comprometido na defesa da Polícia Judiciária Brasileira e, especialmente, nas prerrogativas da carreira de Delegado de Polícia por todo o país, o Delegado Dudu deixará um legado de luta e coragem, mas, acima de tudo, o desejo de ver uma categoria cada vez mais forte e respeitada.

As diretorias da Adepol/SE e Sindepol/SE desejam que Deus o receba de braços abertos e console seus amigos e familiares”.

  Editoria: