Laércio prestigia posse dos novos gestores do turismo

Laércio prestigia posse dos novos gestores do turismo
agosto 11 06:17 2018 Imprimir Conteúdo

Os desafios do turismo diante do cenário econômico que o Brasil enfrenta é desafiador. Em Sergipe não é diferente, mas há uma perspectiva de esperança frente a um tema tão importante e que pode girar a roda da economia sergipana. Temas que foram abordados hoje na solenidade de posse dos novos gestores do Turismo em Sergipe, ocorrida no Real Classic, nessa sexta-feira, dia 10, a secretaria de Estado do Turismo será comandada por Manoel do Prado Franco Neto e a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), ficará sob a responsabilidade do presidente Carlos Augusto W. Franco, conhecido como Cacau Franco. O deputado Federal Laércio Oliveira foi parabenizar os novos gestores.

Para Laércio, o turismo se bem administrado com eficiência, planejamento e comprometimento, além de investimentos adequados, bem como infraestrutura é possível fazer um bom trabalho. “Desejo aos dois muita sorte na caminhada, que não será fácil. O Turismo em Sergipe precisa avançar nas ações para promover o nosso estado como destino, incentivando pessoas a conhecer melhor Sergipe, além disso destacar as ações internas também”, afirmou Laércio.

Para o secretário de estado de Turismo de Sergipe Manoel Franco, o Turismo é importante, representa renda, gera emprego direta e indiretamente. “Desta forma, é um grande desafio para um período curto, mas acreditamos no poder da união e diálogo com os agentes do setor. Turismo é essencial e, por isso, de modo imediato pretendemos nos reunir com o trade turístico para discutir ações voltadas para o verão 2019. Agradeço a todo o apoio recebido na ideia de executar um ótimo trabalho em prol do turismo de Sergipe”, enfatizou o secretário.

O novo gestor da Emsetur, Carlos Augusto, mais conhecido como Cacau Franco, também demostrou confiança já que será o segundo mandato na pasta. “As expectativas são as melhores possíveis, até porque eu sempre fui uma pessoa altamente otimista e continuarei sendo. Tive uma boa experiência, fiz o que pude quando passei pela Emsetur, criei bons amigos e tenho uma boa relação junto a todos os seguimentos que formam o trade turístico. Então, as expectativas são as melhores possíveis e vamos pensar positivo para enfrentar essa crise” afirmou Cacau.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Sergipe (ABIH/SE), Antônio Carlos Franco Sobrinho, vê um grande futuro para Sergipe nesta nova fase. “A economia está em um período difícil, no entanto, esperamos que com novas ideias a SETUR faça um planejamento para colhermos frutos no futuro, até porque o turismo hoje é um dos maiores geradores de emprego e renda dentro do estado de Sergipe através de todo o trade, rede hoteleira, agências de viagem e receptivos”, concluiu.

Para o deputado Federal Laércio Oliveira, a indústria do turismo precisa da união de todos, desde o empresariado que faz o trade turístico do nosso estado e supera diariamente os obstáculos. “Acredito que um dos caminhos que Sergipe tem para desenvolver o turismo é exatamente por meio do trade turístico e de políticas públicas que levem as nossas riquezas, os nossos pontos turísticos que são imensos para ser um chamariz aos turistas, porque sem o turista não há geração de emprego nem a movimentação da economia, necessária para o desenvolvimento de qualquer região, concluiu Laércio.

Foto assessoria

Por Elenildes Mesquita

  Editoria: