Governo garante continuidade das obras do programa Águas de Sergipe

Governo garante continuidade das obras do programa Águas de Sergipe
maio 02 16:09 2019 Imprimir Conteúdo
O projeto passa a ter vigência até o dia 30 de abril de 2020 e, com o aditivo, o governo pretende concluir as diversas obras de melhorias no que diz respeito à questão hídrica no estado de Sergipe

As ações do Programa Águas de Sergipe foram prorrogadas por um ano e, com isso, diversas obras em andamento no estado de Sergipe estão garantidas até a conclusão, a exemplo do esgotamento sanitário e da macrodrenagem da sede municipal de Itabaiana e do projeto de interligação hidráulica dos sistemas produtores de água do Poxim e do Rio São Francisco.

Por meio de solicitação feita no mês de janeiro pelo Governo do Estado ao Banco Mundial, o convênio, que venceria nesta terça-feira (30), com a prorrogação ficará vigente até a mesma data do ano de 2020. O secretário Geral de Governo, José Carlos Felizola, esteve em Brasília (DF), representando o governador Belivaldo Chagas, para a assinatura do termo de prorrogação junto ao Banco Mundial. A solenidade também contou com a presença de Paula Freitas, representando o Banco Mundial, e do secretário-chefe do escritório de Sergipe em Brasília, Manoel Dernival Neto.

“A prorrogação representa a continuidade do programa, que traz investimentos na área de saneamento básico, água e demais ações relacionadas às áreas de recursos hídricos. Tudo isso traz melhor qualidade de vida e saúde para nossa população”, explicou Felizola.

Sobre o projeto
Com parceria do Banco Mundial, programa é destinado à Bacia Hidrográfica do Rio Sergipe, especificamente para a melhoria da qualidade da água do estuário, através de investimentos em despoluição e práticas de gestão em recursos hídricos.

O projeto abrange a gestão e recuperação de barragens de acumulação de água, a recuperação de perímetros irrigados, o fortalecimento da extensão rural, o fortalecimento da Cohidro, o abastecimento de água e o esgotamento sanitário das sedes dos municípios de Itabaiana, Nossa Senhora das Dores e drenagem da sede de Itabaiana.

O Águas de Sergipe possui investimento de 117 milhões de dólares, sendo 70 milhões  de contrapartida do Banco Mundial. Por conta disso, a cada seis meses uma equipe do banco vem em missão para acompanhar o andamento do projeto. Com a prorrogação, o governo do estado conquistou mais US$ 30 milhões (trinta milhões de dólares) para a finalização do projeto, que no início deste ano estava com 60% das obras já concluídas.

Fonte e foto ASN

  Editoria: