Elber repudia discurso de ministro da Casa Civil contra a Universidade Federal de Sergipe

Elber repudia discurso de ministro da Casa Civil contra a Universidade Federal de Sergipe
maio 02 14:30 2019 Imprimir Conteúdo

 

O vereador Elber Batalha (PSB) fez duras críticas ao pronunciamento do Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que se utilizou de dados falsos para criticar universidades no Brasil, incluindo a Universidade Federal de Sergipe (UFS). O parlamentar disse que essa é apenas mais uma opinião desastrosas envolvendo ministros e o próprio presidente Jair Bolsonaro.

Elber ainda disse que o ministro tentou corrigir o erro da informação governamental, dizendo que cortaria verba de todas as universidades brasileiras e usou o Estado de Sergipe, fazendo comparativos entre a Universidade Federal de Sergipe e a Universidade Tiradentes (UNIT), com dados falsos. “Isso por si só, já demonstra o descompromisso com a educação. Além de ter utilizado dados mentirosos, que omitem a verdade e que tentam gerar uma desarmonia no processo”, avaliou.

Segundo Elber, o ministro questionou o orçamento da UFS, que seria de R$900 milhões, com 30 mil alunos e que esse valor seria surreal. “Ele deixa de registrar que, com esse orçamento, a UFS tem 30 mil alunos espalhadas em todo o Estado, além disso, custeia a manutenção e despesas de 6 campus universitários. Nos últimos governos, houve a regionalização das universidades. Outra mentira de Onyx Lorenzoni foi em relação aos cursos de mestrado e doutorado. A UFS tem 46 programas de mestrado, 18 de doutorado e 9 cursos de mestrado profissionalizantes, destes, vários têm nota 5 no MEC. Ainda nesse orçamento é a própria UFS que paga todos os salários dos servidores aposentados de seu quadro. São 50 anos que a UFS faz esse custeio”, informou.

“Se os Hospitais Universitários de Aracaju e de Lagarto pararem os atendimentos os sergipanos estão fritos. Ainda se salva a saúde desse estado devido ao grande número de cirurgias realizadas pelos HU’s. É muita desinformação. Das 100 melhores universidades do Brasil, Sergipe tem 2. A UFS e a UNIT são motivos de orgulho para os sergipanos. Não será o despreparo de um ministro, com dados distorcidos, tentando desmerecer uma instituição de 50 anos e que o progresso de Sergipe está ligado diretamente ao desenvolvimento desta universidade. Esse governo até hoje não tem nenhum planejamento para a educação no Brasil. Em 5 meses de governo, já foram 2 ministros. Não vamos aceitar que esses projetos sejam feitos na base de mentiras e na desconstrução de uma história de sangue suor e lágrimas de vários professores e professoras que construíram a Universidade Federal de Sergipe”, finalizou.

Por Luciana Gonçalves

Foto: César Oliveira

  Editoria: