Coronavírus faz Deso prorrogar prazo para conclusão de obras em Itabaiana

Coronavírus faz Deso prorrogar prazo para conclusão de obras em Itabaiana
abril 27 15:47 2020 Imprimir Conteúdo

Com o intuito de preservar a vida dos trabalhadores, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) prorrogou para o próximo mês de julho, o prazo para a conclusão das obras de micro e macrodrenagem que vêm sendo executadas em Itabaiana. Inicialmente, os serviços seriam concluídos no final deste mês, mas em virtude do novo coronavírus, muitos funcionários que são do grupo de risco precisaram ser afastados das funções, o que impactou na redução da produtividade em cerca de 30%.

“Com essa pandemia, tivemos que nos readequar para atender às orientações das autoridades de saúde. Além de afastarmos os funcionários que pertencem ao grupo de risco, uma série de outras ações foram adotadas para que não coloquemos em risco a vida de todos os envolvidos”, explicou Gabriel Campos, diretor de Meio Ambiente e Expansão da Deso.

Ele ressaltou que a empresa está atenta e, na medida do possível, aumentará o número de contingente de operários trabalhando, simultaneamente, em várias frentes de serviço. “Não podemos negligenciar com a saúde dos nossos trabalhadores e nem com a população, mas, temos certeza que, em breve, todos os itabaianenses comemorarão os resultados dessa importante ação que vem sendo executada no município”, completou Gabriel.

Serviço prejudicado – Em nota pública divulgada no último sábado, um dia após os diretores e funcionários da Deso acompanharem in loco os problemas causados pelas fortes chuvas que caíram no município, a Deso já havia explicado o motivo pelo qual o prazo estava sendo prorrogado.

Na nota, a empresa, também, manifestou solidariedade a todos os itabaianenses e ressaltou que, assim como a comunidade, a Deso também tem sido vítima desses alagamentos, uma vez que todo o serviço de drenagem e esgotamento que vem sendo realizado está sendo prejudicado, da mesma forma como prejudicados estão comerciantes e moradores.

Gabriel Campos esclareceu que a obra de macro e microdrenagem está sendo executada na perspectiva de trazer solução para um problema que historicamente, conforme relatos de moradores e comerciantes, sempre ocorreu na cidade, gerando sérios danos a empresários e a comunidade em geral.

“As últimas inundações ocorreram em parte das ruas cujos serviços ainda não foram concluídos. Diferentemente de outras épocas, os trechos onde os canais estão plenamente finalizados, não houve registro de alagamento, exatamente, em função da eficiência do serviço”, afirmou o diretor de Meio Ambiente e Expansão.

Campos destacou que a Deso vem agindo sempre de acordo com as autorizações previamente emitidas pela Prefeitura Municipal de Itabaiana, bem como todas as exigências técnicas e legais de uma obra desse porte. “O povo de Itabaiana esteja certo de que a Deso tem compromisso e responsabilidade com a qualidade de vida e bem-estar da população e fará tudo o que for possível para entregar essa obra, totalmente, finalizada até o mês de julho, garantindo-lhe uma vida mais tranquila”, finalizou.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: