Confrontos suspeitos

novembro 09 07:40 2018 Imprimir Conteúdo

Quase todos os dias, suspeitos de praticarem crimes em Sergipe são mortos pela Polícia. A explicação para tantos óbitos é que os acusados reagiram à voz de prisão, atirando primeiro contra os policiais. É deveras muito estranho que a ousadia dos bandidos tenha aumentado de forma considerável nos últimos anos. Longe de se querer levantar qualquer suspeição contra ninguém, mas não se pode esquecer os recados dirigidos à bandidagem pelo comandante da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral. Ao tomar posse, em 2016, ele mandou um recado à bandidagem: “Seja honesto ou saia de Sergipe”. Não se defende que nossos valentes policiais enfrentem criminosos frios e sanguinários com balas de hortelã, mas alguém precisa investigar melhor estes anunciados enfrentamentos, até para por fim às suspeitas de que há execuções. Refém da criminalidade, a sociedade exige uma resposta dura da Segurança Pública, porém não pode concordar com o olho por olho, dente por dente da lei de Talião.

Troca de comando

A partir de hoje e pelos próximos nove dias, Aracaju será administrada pela vice Eliane Aquino (PT). Ela substituirá o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), que vai à Espanha participar de um evento sobre mobilidade urbana. Esta deverá ser a última vez que Eliane substituirá Nogueira, pois terá que renunciar, em dezembro, para tomar posse como vice-governadora de Sergipe. Boa sorte!

Sol quadrado

O Superior Tribunal de Justiça deve julgar, nesta sexta-feira, o habeas corpus em favor do prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR). Ele está preso desde a última quarta-feira, sob a acusação de ter metido a mão grande no dinheiro da Prefeitura. Além de Valmir, outras quatro pessoas também foram engaioladas a pedido do Ministério Público, que investiga desvio de recursos na administração do matadouro municipal de Itabaiana. Marminino!

Fim da greve

De braços cruzados desde junho, os médicos da Prefeitura de Aracaju podem encerrar a greve hoje. Uma assembleia da categoria decidirá se aceita a proposta de receber pelas consultas suspensas durante o movimento, na medida em que elas forem sendo efetuadas. Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos, João Augusto, a expectativa é que, após o fim da paralisação, a Prefeitura mantenha uma relação mais harmoniosa com a categoria. Deus te ouça!

Neve no sertão

Cerca de 250 policiais amanheceram, nesta sexta-feira, prendendo gente no interior. Batizada de Neve no Sertão, a operação está cumprimento mandados de prisão e fazendo buscas e apreensões em seis municípios do semiárido sergipano e em um da Bahia. Até agora já foram presos 18 bandidos, mas até o fio do dia muito mais gente ainda vai entrar em cana. Crendeuspai!

Estranho silêncio

Alguém sabe o motivo da apatia do Movimento Não Pago sobre o provável reajuste do preço da tarifa de ônibus da Grande Aracaju? Em anos anteriores, a galera fez muito barulho contra o reajuste da passagem, queimou pneus e até tirou chinfra com o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), gritando pelas ruas a seguinte palavra de ordem: “Edvaldo, almofadinha, quero ver você andar no Tijuquinha”. Jesus!

Primeiro encontro

O governador Belivaldo Chagas vai se encontrar com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Será na próxima quarta-feira, em Brasília. O “Galeguinho” recebeu o convite, ontem, para participar da primeira reunião dos governadores eleitos com o novo chefe da Nação. Além de Bolsonaro, estarão no encontro os futuros ministros Onyx Lorensoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Fazenda) e Sérgio Moro (Justiça), entre outros.

Sem exclusividade

A partir deste sábado (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. Esta nova Plataforma de Cobrança desenvolvida pela Febraban torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes. Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que apresentará todos os detalhes como juros, multa, desconto, etcétera e tal.

Novo parceiro

E o deputado federal eleito Gustinho Ribeiro (Solidariedade) quer ser o representante de Aracaju em Brasília. Recebido pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o rapaz disse que será um parceiro da capital na luta pela liberação de recursos federais. Satisfeito com a promessa, o prefeito disse acreditar que Gustinho “fará um grande trabalho pelo nosso povo”. Então, tá!

Terra arrasada

A anunciada extinção do Ministério do Trabalho foi criticada pelo vereador aracajuano Iran Barbosa (PT). Deputado estadual eleito, o petista disse que esta decisão do futuro governo federal reforça a precarização das garantias dos direitos trabalhistas conquistados à duras penas. Segundo Iran, a extinção do Ministério criado em 1930, “mostra que estamos diante de um cenário de terra arrasada quanto à garantia dos direitos dos trabalhadores”. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Estado de Sergipe, em 16 de setembro de 1919.

Resumo dos Jornais

  Editoria: