Armando Batalha Jr não descarta candidatura, mas diz: “lá passa pelo meu pai”

Armando Batalha Jr não descarta candidatura, mas diz: “lá passa pelo meu pai”
maio 09 10:51 2019 Imprimir Conteúdo

Armando Batalha Jr não descarta candidatura, mas diz: “lá passa pelo meu pai”

Armando Batalha Jr diz que decisão sobre candidatura em São Cristóvão passa por seu pai e por seu líder político Fábio Mitidieri

O vereador de Aracaju Armando Batalha Junior (Cidadania) voltou a dizer na manhã desta quinta-feira (09) que não descarta a possibilidade de disputar a prefeitura de São Cristóvão, mas que isso passa pelo crivo de seu pai, o ex-deputado e ex-prefeito de SC, Armando Batalha, e deixou claro que hoje o seu foco é o mandato de vereador da capital.

Durante a entrevista, Armando Batalha Jr. explicou que “o meu foco no momento é o mandato que estou exercendo na Câmara Municipal de Aracaju, onde tenho apresentado projeto de interesse da população, porém quero deixar claro que não descarto essa possibilidade, mas quero deixar claro que isso passa pelo comando de meu pai e de meu líder político, o deputado federal Fábio Mitidieri”, afirmou.

Armando Junior disse ainda que essa decisão “sobre São Cristóvão tenho dialogado com o colega vereador Jason Neto sobre o nosso trabalho na CMA. Quero deixar claro que tenho um bom relacionamento com Jason, Fábio Henrique e Adilson Jr.. Mas isso não significa que há algum acordo, porém estamos abertos ao diálogo e no momento certo vamos discutir o assunto e volto a deixar claro que lá, tudo passa pela orientação de meu pai, o ex-prefeito Armando Batalha”, informou o vereador.

Ainda sobre São Cristóvão, alguns analistas acreditam que há a possibilidade de que Armando Batalha Jr poderia ser o candidato a prefeito de São Cristóvão e teria como vice, Adilson Júnior e com isso mantinha ainda o apoio do deputado federal Fábio Henrique e do vereador Jason Neto.

O vereador falou ainda sobre o seu trabalho na Câmara Municipal de Aracaju e informou que tem vários projetos que já foram protocolados. Ao ser questionado sobre o incidente envolvendo os vereadores cabo Amintas, Vinicius Porto e Josenito Vitale o Nitinho, ele disse que “temos muitos problemas para serem resolvidos e não podemos ficar com picuinhas. Há muitas demandas, vários projetos que podem dar uma melhor condição de vida para a população. Além disso, não se pode julgar por antecedência. Para isso é preciso que a Comissão se pronuncie e ai sim, será dado o resultado final”, defendeu o vereador.

Munir Darrage

  Editoria: