Aliados do Covid-19

by Munir Darrage | 13 de abril de 2020 07:58:16

Muitos políticos, principalmente os detentores de mandatos, torcem que a pandemia do coronavírus se prolongue o tempo suficiente para provocar o adiamento das eleições. Eles acham que se o Covid-19 continuar matando gente até junho, a Justiça Eleitoral terá que empurrar o pleito para o novembro deste ano ou o começo de 2021. Outros torcem que, em vez de adiamento da eleição, ocorra a prorrogação dos mandatos por mais dois anos. Esta última hipótese precisará será aprovada pelo Congresso, mas isso não será difícil. Ora, quais deputados federais e senadores vão querer contrariar vereadores e prefeitos? Portanto, para os políticos desejosos que a pandemia se prolongue até o fim de junho, o mortal Covid-19 passou a ser o grande aliado, embora todos eles queiram distância do maldito. Misericórdia!

Tempo de traíras

Apesar de ser adversário político da prefeita Ilda Ribeiro (SD), o líder político lagartense Valmir Monteiro (PSC) não se furta em aconselha-la. Entrevistado pelo semanário Cinform, o ex-prefeito disse que “embora a Semana Santa tenha acabado, ainda é tempo de traíras”. Valmir adverte Ilda para as “más influências” e sugere que a moça tenha muito cuidado com o que assina para não ter problemas no futuro. Crendeuspai!

Corpo mole

Vereadores de Aracaju têm criticado o presidente da Câmara, Nitinho Vitalle (PSD), por ele insistir em não realizar sessões plenárias. Embora o Legislativo esteja equipamento para fazer reuniões on-line, Nitinho diz que só reúne a Casa por solicitação do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Vereadores como Lucas Aribé (Cidadania) e os cabos Didi (PSC) e Amintas (PSL) defendem que a crise da saúde pública exige a permanente atuação da Câmara. Amintas vai além, ao chamar Nitinho de preguiçoso. Danôsse!

Deixa pra depois

Márcio Macedo (PT), pré-candidato a prefeito de Aracaju, entende que agora não é tempo para se falar em eleições, mas de união contra a pandemia do Covid-19. “Quando a situação se normalizar, respeitando-se a Constituição, as eleições voltarão à pauta e as instituições democráticas decidirão pela manutenção ou não do calendário eleitoral”, discursa o prefeiturável aracajuano. Então, tá!

Faça o que digo…

Várias pesquisas atestam que a grande maioria dos aracajuanos é favorável ao isolamento social para conter o coronavírus. Na prática, contudo, a situação é outra. Dados de georreferenciamento mostram que, na melhor das hipóteses, apenas 50% da população têm permanecido em casa. Este percentual é bem menor do que os 70% sugeridos pela Organização Mundial da Saúde. Por conta dessa perigosa desobediência, Aracaju se encontra entre as três piores capitais do país no que se refere à obediência ao distanciamento social. Marminino!

Cara pálida

Muitos congressistas que defendem prender adolescentes infratores nas penitenciárias estão sendo processados por crimes diversos. Fosse mais célere, a Justiça já os teria condenado por meterem a mão grande na verba pública. Há daqueles que roubaram o dinheiro do povo para comprar votos, pagar festas particulares, alugar carros de luxo e adquirir imóveis em áreas nobres. Estes sim, deveriam ser trancafiados nas insalubres penitenciárias por muito tempo. Vixe!

Sessão remota

E a Assembleia volta a se reunir na próxima quarta-feira. Na pauta, entre outros projetos, a Proposta de Emenda à Constituição que que trata sobre a exploração dos serviços de gás canalizado em Sergipe. Já aprovada em primeira votação, a PEC quebra o controle exclusivo do Estado sobre a exploração e distribuição dos serviços locais de gás canalizado. Na última sessão remota do Legislativo, os deputados também aprovaram a decretação de estado de calamidade pública em 36 municípios sergipanos. Ah, bom!

Eleitores desapontados

É cada vez maior o número de eleitores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contrariados com sua ignorância. Um desses desapontados é o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo ele, a luta entre ciência e ignorância é eterna. “A Inquisição obrigou Galileu a renegar a descoberta de que a terra se move entorno do sol. Sua frase eppur si muove ficou como registro sutil de que fatos reais não são mudados por opiniões ou força. Mandetta também lembra isso a Bolsonaro”, frisa Alessandro. Aff Maria!

Kits alimentação

A Prefeitura de Socorro começa a distribuir, nesta segunda-feira, os kits de alimentação escolar com as famílias dos alunos da rede municipal de ensino. A distribuição começa pelas creches municipais Ana Cristina, Vovô Jason, Cido Capunga, Dom Hélder, Michele de Jesus, Mariana Martins e Irmã Dulce. Pais, mães e responsáveis pelos estudantes devem levar o documento de identidade para resgatar os kits. Legal!

Caminhão de votos

E a classe política sergipana ficou surpresa com o grande número de eleitores irregulares. Segundo a Receita Federal, eles são 128.955 no estado, número suficiente para eleger dois deputados federais e vários estaduais. A Receita regularizou os CPF’s destes eleitores para que eles possam sacar a ajuda de R$ 600, 00 aprovada pelo Congresso. Resta saber se depois da pandemia do coronavírus esse exército de eleitores vai regularizar os títulos para votar no próximo pleito. Homem, vôte!

Recorte de jornal

[1]

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 1º de janeiro de 1911.

Endnotes:
  1. [Image]: http://www.faxaju.com.br/wp-content/uploads/2020/04/7-69.jpeg

Source URL: https://espacolivrenoticias.com.br/aliados-do-covid-19/