Aliados do Covid-19

Aliados do Covid-19
abril 13 07:58 2020 Imprimir Conteúdo

Muitos políticos, principalmente os detentores de mandatos, torcem que a pandemia do coronavírus se prolongue o tempo suficiente para provocar o adiamento das eleições. Eles acham que se o Covid-19 continuar matando gente até junho, a Justiça Eleitoral terá que empurrar o pleito para o novembro deste ano ou o começo de 2021. Outros torcem que, em vez de adiamento da eleição, ocorra a prorrogação dos mandatos por mais dois anos. Esta última hipótese precisará será aprovada pelo Congresso, mas isso não será difícil. Ora, quais deputados federais e senadores vão querer contrariar vereadores e prefeitos? Portanto, para os políticos desejosos que a pandemia se prolongue até o fim de junho, o mortal Covid-19 passou a ser o grande aliado, embora todos eles queiram distância do maldito. Misericórdia!

Tempo de traíras

Apesar de ser adversário político da prefeita Ilda Ribeiro (SD), o líder político lagartense Valmir Monteiro (PSC) não se furta em aconselha-la. Entrevistado pelo semanário Cinform, o ex-prefeito disse que “embora a Semana Santa tenha acabado, ainda é tempo de traíras”. Valmir adverte Ilda para as “más influências” e sugere que a moça tenha muito cuidado com o que assina para não ter problemas no futuro. Crendeuspai!

Corpo mole

Vereadores de Aracaju têm criticado o presidente da Câmara, Nitinho Vitalle (PSD), por ele insistir em não realizar sessões plenárias. Embora o Legislativo esteja equipamento para fazer reuniões on-line, Nitinho diz que só reúne a Casa por solicitação do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Vereadores como Lucas Aribé (Cidadania) e os cabos Didi (PSC) e Amintas (PSL) defendem que a crise da saúde pública exige a permanente atuação da Câmara. Amintas vai além, ao chamar Nitinho de preguiçoso. Danôsse!

Deixa pra depois

Márcio Macedo (PT), pré-candidato a prefeito de Aracaju, entende que agora não é tempo para se falar em eleições, mas de união contra a pandemia do Covid-19. “Quando a situação se normalizar, respeitando-se a Constituição, as eleições voltarão à pauta e as instituições democráticas decidirão pela manutenção ou não do calendário eleitoral”, discursa o prefeiturável aracajuano. Então, tá!

Faça o que digo…

Várias pesquisas atestam que a grande maioria dos aracajuanos é favorável ao isolamento social para conter o coronavírus. Na prática, contudo, a situação é outra. Dados de georreferenciamento mostram que, na melhor das hipóteses, apenas 50% da população têm permanecido em casa. Este percentual é bem menor do que os 70% sugeridos pela Organização Mundial da Saúde. Por conta dessa perigosa desobediência, Aracaju se encontra entre as três piores capitais do país no que se refere à obediência ao distanciamento social. Marminino!

Cara pálida

Muitos congressistas que defendem prender adolescentes infratores nas penitenciárias estão sendo processados por crimes diversos. Fosse mais célere, a Justiça já os teria condenado por meterem a mão grande na verba pública. Há daqueles que roubaram o dinheiro do povo para comprar votos, pagar festas particulares, alugar carros de luxo e adquirir imóveis em áreas nobres. Estes sim, deveriam ser trancafiados nas insalubres penitenciárias por muito tempo. Vixe!

Sessão remota

E a Assembleia volta a se reunir na próxima quarta-feira. Na pauta, entre outros projetos, a Proposta de Emenda à Constituição que que trata sobre a exploração dos serviços de gás canalizado em Sergipe. Já aprovada em primeira votação, a PEC quebra o controle exclusivo do Estado sobre a exploração e distribuição dos serviços locais de gás canalizado. Na última sessão remota do Legislativo, os deputados também aprovaram a decretação de estado de calamidade pública em 36 municípios sergipanos. Ah, bom!

Eleitores desapontados

É cada vez maior o número de eleitores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contrariados com sua ignorância. Um desses desapontados é o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo ele, a luta entre ciência e ignorância é eterna. “A Inquisição obrigou Galileu a renegar a descoberta de que a terra se move entorno do sol. Sua frase eppur si muove ficou como registro sutil de que fatos reais não são mudados por opiniões ou força. Mandetta também lembra isso a Bolsonaro”, frisa Alessandro. Aff Maria!

Kits alimentação

A Prefeitura de Socorro começa a distribuir, nesta segunda-feira, os kits de alimentação escolar com as famílias dos alunos da rede municipal de ensino. A distribuição começa pelas creches municipais Ana Cristina, Vovô Jason, Cido Capunga, Dom Hélder, Michele de Jesus, Mariana Martins e Irmã Dulce. Pais, mães e responsáveis pelos estudantes devem levar o documento de identidade para resgatar os kits. Legal!

Caminhão de votos

E a classe política sergipana ficou surpresa com o grande número de eleitores irregulares. Segundo a Receita Federal, eles são 128.955 no estado, número suficiente para eleger dois deputados federais e vários estaduais. A Receita regularizou os CPF’s destes eleitores para que eles possam sacar a ajuda de R$ 600, 00 aprovada pelo Congresso. Resta saber se depois da pandemia do coronavírus esse exército de eleitores vai regularizar os títulos para votar no próximo pleito. Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 1º de janeiro de 1911.

  Editoria: