A sensatez do governo

A sensatez do governo
abril 02 08:11 2020 Imprimir Conteúdo

Atingidos em cheio pela pandemia do coronavíris, os comerciantes insistem para o governo de Sergipe afrouxar o decreto que, praticamente, fechou tudo no estado. Alegam, com razão, que se as empresas não abrirem logo, boa parte delas vai à falência, causando desemprego em massa e atingindo de morte a economia sergipana. Ninguém nega tal hipótese. Acontece que se o governo amolecer agora, muitos empresários podem não falir e centenas de empregos serão preservados, porém, em contrapartida, milhares de sergipanos morrerão vítimas do terrível Covid-19. Seria, portanto, uma irresponsabilidade com a população autorizar a reabertura do comércio e da indústria antes de a pandemia atingir seu pico. Portanto, atender ao apelo das empresas é condenar famílias inteiras à morte, como ocorreu na Itália, na Espanha e está acontecendo nos Estados Unidos. Misericórdia!

Quem me quer?

Presidentes de partidos correm contra o tempo para atrair pré-candidatos fortes. Eles só têm até amanhã (3) para filiar quem deseja participar das eleições de 4 de outubro. Sem poder sair às ruas por causa do coronavírus, os chefes políticos não largam as redes sociais e, na falta de nomes de peso, estão abonando as fichas de gatos e cachorros. Pelo visto, o nível dos candidatos este ano vai ao rés-do-chão. Marminino!

Fogo amigo

Eleitor do presidente Jair Bolsonaro, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) está por aqui com o capitão de pijama, que insiste em demorar a combater o coronavírus: “Ao retardar sanções e implementação do auxílio emergência, o governo está empurrando as pessoas para a contaminação. Se é intencional, é crime. Se é falta de capacidade, chamem gente competente para ajudar. Urgente”. Crendeuspai!

Até que enfim

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) está comemorando a redução dos preços cobrados pelo Detran. Segundo ele, as taxas deveriam ter diminuído em janeiro, contudo a autarquia insistiu em descumprir a lei. Renovar a habilitação, tirar uma segunda via, alterar dados ou mudar da permissão para a carteira definitiva agora estão mais baratos. Há muito tempo, Passos vinha brigando contra a carestia do Detran. Aff Maria!

Pataquada

E Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, está sugerindo à população LGBT que se adapte para oferecer serviços virtuais. Segundo cartilha editada pelo Ministério, para evitar a contaminação pelo coronavírus, os profissionais do sexo devem conversar com seus clientes: “Tente a opção do serviço virtual”, ensina. Não seria mais humano, o governo de Damares admitir que o Convid-19 não é uma gripezinha qualquer e socorrer rapidamente os brasileiros mais vulneráveis? Tenha dó!

Caindo fora

A Petrobras está virando as costas para Sergipe em meio a pior crise enfrentada pelo estado. Pensando unicamente nos lucros, a estatal anunciou a hibernação de suas plataformas em operação nos campos de águas rasas. Várias delas estão em Sergipe. O Tecarmo, na Atalaia, também deve ser desativado, assim como já aconteceu com a Fafen, de Laranjeiras. Antes de ser parceira, a Petrobras é uma grande amiga da onça. Vade-retro!

Zé Tesoura

A turma do PT não perde uma oportunidade para atacar o ainda presidente Jair Bolsonaro. O senador petista Rogério Carvalho é deles. Segundo o sergipano, enquanto a oposição luta no Congresso para garantir uma renda mínima para o povo, Bolsonaro só pensa em cortar o salário dos trabalhadores. Carvalho conclui dizendo que o comportamento do presidente é grave. E bota grave nisso, senador. Homem, vôte!

Porta aberta

Todos os presos cuja liberdade provisória tenha sido condicionada ao pagamento de fiança vão sair da cadeia. A decisão do ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça, foi motivada pela pandemia do coronavírus. Segundo o magistrado, o quadro de precariedade do sistema carcerário apresenta riscos graves de disseminação da doença no interior dos presídios. É vero!

Luto

Sergipe registrou, nesta quinta-feira, as duas primeiras mortes causas pelo coronavírus. Trata-se de uma mulher e um homem, respectivamente, com 61 e 60 anos, que estavam internados em hospitais de Aracaju. A paciente era diabética, hipertensa e com histórico de doença vascular periférica. O homem era hipertenso e havia chegado de São Paulo há 15 dias. Lastimável!

Novo endereço

O PDT segue atraindo lideranças políticas. De uma vez só, três vereadores de Aracaju assinaram a ficha pedetista: Anderson de Tuca, Seu Marcos e Isac Silveira. O vereador Vinícius Porto também já ingressou no PDT, seguindo a orientação do prefeito Edvaldo Nogueira, que trocou o PCdoB pelo partido dirigindo em Sergipe pelo deputado federal Fábio Henrique. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 27 de junho de 1922.

  Editoria: