Zezinho: “PT fala de Lula, mas esquece que Dilma destruiu o Brasil”

Zezinho: “PT fala de Lula, mas esquece que Dilma destruiu o Brasil”
agosto 14 09:03 2019 Imprimir Conteúdo

 

Dentro do pronunciamento feito pelo líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania), rebatendo o discurso feito pelo também deputado estadual Francisco Gualberto (PT), condenando a política do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), o deputado Zezinho Guimarães (MDB) pediu desculpas, mas reconheceu que precisava discordar de quase 100% dos pontos abordados pelo petista.

“Tenho admiração profunda e respeito a opinião dele, mas sou obrigado a discordar. Como é ruim suceder governos ruins! E o PT tem uma capacidade gigantesca de anular o que não concorda. Falam de Lula, mas não falam em Dilma Rousseff (PT). Parece que não existiu! Podem observar”, chamou a atenção Zezinho.

Em seguida, o deputado pontuou que Dilma foi colocada por Lula e “acabou com o Brasil”. Ele saiu em defesa dos cinco deputados federais sergipanos que votaram a favor da Reforma da Previdência. “Esses cinco estão sendo queimados em praça pública! Tenha paciência! No Brasil se aposenta 10 anos antes que na Alemanha e lá há uma condição de vida melhor. Aqui temos 14 milhões de desempregados, pais de famílias e essas pessoas ficam pressionando contra as Reformas”.

Por fim, Zezinho ainda terminou fazendo a defesa do governo de Jair Bolsonaro. “Como vamos fazer a Reforma em Sergipe? Com menos de oito meses no governo ser cobrado por quem passou quase 14 anos e não fez? A Reforma da Previdência do nosso Estado tem que ser tratada com seriedade. Temos um regime próprio e, com segurança e responsabilidade, vamos consertar os erros. Vejo deputados requerendo obras do governo, mas não querem a Reforma!”, completou.

Por sua vez, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), saiu em defesa dos cinco deputados federais sergipanos que votaram a favor da Reforma da Previdência. “Eles (deputados) estão sendo massacrados pelas ruas como se tivessem cometido algum crime! Os três que votaram contra são santos? E os demais demônios? Sou homem público e assumo minhas posições: sou reformista e perderia meu mandato, mas votaria a favor”.

Em seguida Luciano Bispo disse que votaria a favor das Reformas Tributárias, da Previdência e Política. “Nosso País não pode continuar com 14 milhões de desempregados! A cada 10 pessoas que nos procuram o ‘dobro’ é para pedir emprego! Pessoas com filhos formados chegam com diplomas nas mãos. Fico chateado vendo cinco deputados federais sendo massacrados. Infelizmente não sabem respeitar o direito de cada um votar”.

Por Habacuque Villacorte – Rede Alese

Foto: Jadílson Simões

  Editoria: