Vigilância fiscaliza uso de máscara e distanciamento em mercado e shopping de Aracaju

Vigilância fiscaliza uso de máscara e distanciamento em mercado e shopping de Aracaju
agosto 19 15:44 2020 Imprimir Conteúdo

O Governo do Estado, através da Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde,  Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, PROCON Estadual, realizou na manhã desta quarta-feira, 19, uma fiscalização do uso de máscara e o distanciamento social no Mercado Vereador Milton Santos, no conjunto Augusto Franco, e no Shopping Riomar, às 12h. A ação teve uma abordagem educativa e comprovou que a maioria das pessoas aderiu ao uso de máscara, mas revelou que muitas delas ainda insistem em usar o adereço de forma indevida nessa reabertura dos setores de alimentação.

O mercado do conjunto Augusto Franco  conta com 206 permissionários, sendo 198 feirantes e oito donos de restaurantes e registra uma circulação diária de cerca de 600 pessoas, número que pula para dois mil consumidores no sábado e domingo, quando o pico de vendas acontece. O coordenador do mercado, Manoel Messias Santos, se disse satisfeito com a fiscalização, considerando que alguns feirantes resistem em usar corretamente a máscara.

No Shopping Riomar o trabalho dos fiscais teve como foco principal as praças de alimentação. “O propósito é exatamente verificar como estão sendo aplicados os protocolos sanitários dos estabelecimentos de alimentos, conferir o distanciamento social e a oferta de sanitizantes para os consumidores”, informou o coordenador da Vigilância Sanitária estadual, Ávio Britto, salientando que foi conversado com os gerentes do centro de compras sobre a impossibilidade de o cidadão consumir qualquer alimento fora do espaço das praças de alimentação.

Uso indevido

No mercado do conjunto Augusto Franco foi flagrante o uso incorreto da máscara por parte dos feirantes, carregadores e consumidores. “Nossa função aqui é conscientizar as pessoas não só para o uso da máscara, mas para o uso correto uma vez que constatamos que tem muita gente usando-a de forma inadequada, sob o queixo ou abaixo do nariz”, explicou o fiscal da Vigilância Sanitária estadual, Paulo Thiago dos Santos, que estava acompanhado da colega Ana Paula Maciel. Ele informou que feita doação de máscaras para as pessoas que estavam sem o adereço.

A fiscalização no mercado do Augusto Franco contou com a participação da Vigilância Sanitária de Aracaju, representada pelo fiscal José Luiz de Andrade, que destacou a importância do trabalho. “Observamos que a comunidade está consciente do uso da máscara, mas o grande problema é que algumas pessoas usam indevidamente. Por isso a importância dessa ação educativa, para que as pessoas entendam que o não uso ou uso incorreto expõe a própria e outras pessoas ao novo coronavírus”, enfatizou.

Fonte e foto SES

  Editoria: