Vereador pede que senador Alesasndro comande a oposição em Sergipe

setembro 30 18:29 2019 Imprimir Conteúdo

Cabo Amintas pede a senador Alessandro Vieira que comande a oposição em Sergipe e diz: “estamos lutando contra o mesmo inimigo”

Na manhã desta segunda-feira, 30, a Audiência Pública que ocupou o plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) teve como tema a “Operação Lava Jato”. O vereador Cabo Amintas (PTB) fez parte da mesa de debate na audiência.

A audiência, de autoria da vereadora Emília Correia (Patriota) trouxe representantes do direito de vertentes teóricas e práticas da área, como a professora de direito Denise Leal, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) Adriano Bandeira, o senador Alessandro Vieira, Aurélio Belém Secretário Geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Cônsul da Romênia Antônio José e a deputada Kitty Lima.

A Audiência Pública teve como objetivo debater a importância da “Operação Lava Jato” e fortalecer as investigações no Brasil, dando enfoque às investigações no estado de Sergipe.

Cabo Amintas aproveitou a audiência para pedir uma ação mais rápida contra a corrupção em Sergipe. “Sonho e sonhei mais quando vi a vitória nas eleições do senador Alessandro Vieira e a ida da delegada Daniele Garcia para o Ministério da Justiça, claro que não tenho a visão macro dos senhores. Pensei, quando eles chegarem lá, acabou o governo de Sergipe, todos sabem quem está envolvido em corrupção. Quando a Lava Jato se iniciou foi só o pontapé inicial para passar esse país a limpo, e nós sergipanos sonhamos que isso chegue aqui. Quem combate a corrupção sabe o quanto sofre perseguição, eu fui vítima disso quendo denunciei a Máfia dos Shows. Então, senador, te imploro em nome dos sergipanos que não nos decepcione, falta que o senhor traga essa investigação para Sergipe, lidere um projeto firme de oposição e combate, porque nós acreditamos no senhor”, pediu Amintas.

Adriano Bandeira, presidente do Sinpol, falou sobre as contribuições da Polícia Civil para as investigações da Operação Lava Jato. “Queremos nos apoderar e contribuir cada vez mais com as investigações criminais dentro das nossas atribuições. Percebo que a Lava Jato deixou uma contribuição cultural importante para as relações sociais e éticas no Brasil. O que não significa dizer que a operação não teve excessos ou equívocos, até por conta do glamour midiático, mas temos o Poder Judiciário como forma de controle desses equívocos”, declarou.

O senador Alessandro Vieira também discursou em defesa da Lava jato. “Quando se vai falar sobre a Lava Jato, nesse momento que vivemos, é importante responder a algumas perguntas: quem tem medo da Lava Jato? Quem tem medo de operações como esta? A quem isso preocupa tanto? Por que é necessário utilizar tantos mecanismos e estratégias para tentar desconstruir um trabalho que foi alicerçado em provas, em trabalho investigativo, baseado em laudos, em perícias, que passou pelas quatro instâncias do Poder Judiciário com pouquíssimos questionamentos? E então as provas foram mantidas e as condenações também”, afirmou o senador.

Para finalizar seu discurso, o vereador Cabo Amintas incentivou o trabalho do senador Alessandro Vieira e da Polícia Civil de Sergipe. “Não podemos ficar parados, o trabalho tem que ser feito nas bases e para isso precisamos de alguém liderando, ninguém melhor do que o senador Alessandro. Tome pulso! O senhor já coordenou operações sérias no estado, mas que até hoje não tiveram efeito, e não foi por falta de vontade da polícia porque sei da vontade que os policiais civis têm de trabalhar o combate à corrupção em Sergipe. Se dessem 10% dos recursos que a Polícia Federal teve na Operação Lava Jato à Polícia Civil sergipana nós teríamos políticos tomando posse em um dia e sendo presos no outro, porque eles trabalham bem. Tenho o maior orgulho da Polícia Civil sergipana que não se deixa ser usada. Precisamos do senhor senador Alessandro Vieira na linha de frente, ir para a guerra sozinho não dá certo. Venha comandar esse time que quer trabalhar, estamos todos lutando contra o mesmo inimigo. Mostre que Sergipe quer mudar também”, encerrou com o convite.

Fonte: Assessoria de imprensa do vereador Cabo Amintas

  Editoria: