Usuários do Ipesaúde aprovam novo Serviço de Pronto Atendimento Dr. Willen Alves Correia

Usuários do Ipesaúde aprovam novo Serviço de Pronto Atendimento Dr. Willen Alves Correia
julho 16 14:32 2018 Imprimir Conteúdo

A unidade é fruto do compromisso do governo do Estado em fornecer melhores estruturas para os serviços de urgência e emergência 24 horas, a iniciativa contempla tanto o atendimento adulto, quanto o pediátrico, em instalações que foram completamente reformadas para o atendimento dos beneficiários da instituição

Recém-inaugurada, o novo Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Ipesaúde Dr. Willen Alves Correia já está fazendo a diferença na vida dos usuários do plano. É o caso do funcionário público Joanes de Souza Santos que se queixou ao acordar de uma dor na lombar e resolveu ir ao novo Serviço de Pronto Atendimento. “Melhorou 90%. O policial militar disse que antes, quando se sentia mal, se dirigia ao antigo Pronto Atendimento que ficava localizado no Hospital da Policia Militar de Sergipe. “Gostei muito desse novo espaço. Fui logo atendido e muito bem tratado, sem contar com a estrutura que é mais ampla e confortável. É muito bom quando se tem um plano de saúde em que a gente sabe que pode contar nas horas mais difíceis. Dá mais tranquilidade, sem dúvidas”, relatou.

O sentimento de Joanes também foi compartilhado pela dona Lourdes dos Santos, que levou o pai para se consultar nas novas instalações do pronto atendimento. “A estrutura está muito melhor. Meu pai se queixou de um mal-estar e trouxe ele para ser atendido. Até agora, não tenho do que reclamar”, declarou.

Atendimento rápido, salas climatizadas e confortáveis, o novo  Serviço de Pronto Atendimento foi inaugurado no último dia 03 e possui uma maior capacidade de atendimento. A instalação abrange área de 1.400 m², funciona em anexo ao Hospital Cirurgia, na Av. Desembargador Maynard, e contempla o atendimento adulto e pediátrico.

Segundo o superintendente do Ipesáude, Christian Oliveira, a mudança trouxe uma infinidade de benefícios e vantagens aos usuários do plano.  “Nós ampliamos o espaço do serviço de Pronto Atendimento. Saímos de uma área de 900m²para uma de 1400 m². Um projeto com todas as necessidades que uma unidade como esta requer, com acessibilidade, incorporação de classificação de risco, ampliação do número de leitos de enfermaria, espaço adequado para pediatria. Então, onde era um espaço adaptado no HPM, passamos para um lugar planejado. Com isso, a gente pôde incorporar novos serviços. Além disso, é um espaço que fica melhor localizado, numa posição estratégica da cidade, nos eixos norte Sul, leste e Oeste de Aracaju, com fácil acesso ao transporte coletivo e a táxi. Isso garante mais comodidade e conforto aos beneficiários do Ipesaúde”, colocou.

O superintendente ainda elencou as características que fazem o Ipesaúde ser um dos planos mais respeitados. “Estamos anexo a uma unidade hospitalar que dispõe de vários recursos que no Hospital da Polícia Militar não tínhamos. O Pronto Socorro hoje possui escalas fixas de clínico, ortopedista, cirurgião-geral e pediatra. Isso é uma coisa que poucos convênios têm. Serviço 24 horas disponíveis e exclusivos para os beneficiários do Ipêsaúde, como também uma estrutura de especialistas disponíveis aos beneficiários no pronto atendimento. Inclusive, nos temos os leitos adaptados para fazer hemodiálise, diretamente na nossa unidade que é uma novidade, além de outros métodos de diagnósticos que não eram disponíveis no HPM e agora nós temos. É um avanço muito grande e os benefícios são incontáveis”, explicou.

O superintendente disse que a expectativa é ampliar o número de atendimento. “Estamos preparados para isso. Inclusive, estamos com previsão de ampliação de leitos, o que possibilitará o aumento no número de atendimentos, podendo chegar a 7000 atendimentos ao mês. Não só pela ampliação do espaço físico, como pela lógica de funcionamento das especialidades presentes no serviço. A ideia é aumentar o número de atendimentos, através da ampliação do espaço físico, como também permitir agilidade que teremos para dar altas aos pacientes. O pacientes não precisaram esperar tanto tempo para ter acesso ao exame de raio x, laboratório, tomografia. Tudo será feito na própria unidade, inclusive, com redução de custos que é importante para o Ipesaude”.

O superintende acrescentou que está em fase de execução mais dez novos leitos para unidade de terapia intensiva. “Estamos em processo adiantado de confecção de unidade de terapia intensiva com dez novos leitos, com previsão de estarem disponíveis no começo de setembro. Que vai resolver definitivamente todo problema de assistência a pacientes críticos do Ipes no estado de Sergipe “.

Parceria

O Serviço de Pronto Atendimento (SPA) funciona de maneira independente ao Cirurgia e com serviços próprios e entrada e recepção independentes. A nova região é centralizada e permite um acesso mais facilitado para os beneficiários.

De acordo o superintendente, a parceria com o Hospital de Cirurgia possibilita mais agilidade aos serviços do Ipesaúde, ao mesmo tempo em que ajuda na alavancada do processo de recuperação do hospital.  “O espaço é do Ipesaúde. Toda responsabilidade da área é nossa. O hospital nos auxilia nos serviços de laboratório, raios-X, centro cirúrgico e internação. Essa parceria é muito importante para o hospital, assim como para os usuários que têm acesso a diversos serviços e ótima estrutura”, frisou.

No SPA estão disponíveis sala de Ortopedia, consultório cirúrgico, sala de estabilização, enfermarias masculina e feminina, sala de observação e Ala Pediátrica. Nessa unidade também há a Ouvidoria, disponível para acolher reclamações e sugestões dos usuários do serviço e servidores.

A supervisora do SPA, a enfermeira Juliana Guimarães de Araújo Bomfim, disse que, com a mudança, o número de atendimentos também aumentou. “Apesar do pouco espaço de tempo da inauguração, é perceptível o aumento. Nós temos o serviço de clínica médica, cirurgião, ortopedia, pediatria. Os serviços mais requisitados são o de clinica médica e ortopedia. Aumentamos o quantitativo de funcionários, temos ortopedista, cirurgião e os servidos de raios-X e laboratório. Os casos mais graves, são encaminhados para o Hospital de Cirurgia ou para outra instituição que fazemos parceria”, informou.

O policial militar Wilame Manoel Martins levou o pequeno Saulo Emanuel de apenas 8 meses.  “Realmente, a estrutura me surpreendeu. Achei bastante interessante esse novo espaço. Trouxe o meu filho por causa de um resfriado, a pediatra o examinou e disse que está tudo direitinho. Passou só uma medicação. Estou mais tranquilo”, contou o policial.

Projeto de Lei

No inicio do mês de Julho, a Assembleia Legislativa de Sergipe aprovou um projeto de Lei encaminhado pelo governo do Estado que altera e acrescenta dispositivos à Lei nº 5.853, de 20 de março de 2006, que dispõe sobre a criação do instituto. A iniciativa tem como objetivo ampliar as possibilidades para que novos servidores possam se cadastrar como beneficiários do Ipesaúde. A principal mudança está na inclusão dos descendentes até o máximo de 35 anos, desde que já não estejam inseridos na condição de dependentes do Ipesaúde.   O projeto também prevê que o Ipesaúde possa celebrar termo de convênio com os municípios do Estado de Sergipe e suas respectivas Câmaras Municipais, desde que preencham os requisitos necessários, permitindo que os servidores possam se cadastrar como beneficiários.

Ipesaúde

Em junho, foi firmado contrato entre o Instituto e a Clinradi para prestação de terapias radiológicas a pacientes do Ipesaúde. O Ipesaúde está destinando um setor de sua sede para a implantação do serviço de atenção à saúde mental (SASM). Serão disponibilizados aos pacientes consultórios voltados à psicologia e à psiquiatria. Atualmente, o serviço é prestado por clínicas credenciadas. Com a medida, o atendimento à saúde mental será com a nova unidade do Ipesaúde. Em maio, o governo do Estado entregou o novo Centro de Atendimento do Ipesaúde. O centro está Localizado à rua Campos, sede do Ipesaúde.

Além disso, o governo do Estado instalou um novo sistema de marcação de consultas e exames, ouvidoria e assim, o cadastro passou a ser centralizado, com capacidade para atender os cerca de 700 beneficiários que passam pela instituição diariamente.  Houve o fortalecimento do serviço próprio de assistência com as reformas das unidades regionais de Itabaiana, Lagarto, Propriá e Estância e do Centro Odontológico em Aracaju. Nas unidades reformadas foram investidos cerca de R$ 1.600.000,00.

A implantação do novo modelo de assistência contribuiu para um crescimento significativo no atendimento nos últimos anos. De 2015 a 2017, as unidades regionais passaram de 33 para 103 mil atendimentos, o Centro de Reabilitação de 23 para 69 mil e o Centro de Endocrinologia e Diabetes atendeu 82 mil beneficiários no período. Já o Centro Odontológico inaugurado em agosto de 2017 contabilizou mais de 40 mil atendimentos. Em 2018, o Ipesaúde iniciou a liberação de consultas e exames laboratoriais simples diretamente nas clínicas. A expectativa é que o número de clínicas que realizam esse processo seja ampliado, otimizando ainda mais o atendimento.

Da assessoria

Foto: Marcelle Cristinne/ ASN

  Editoria: