Tuna Luso é campeão Brasileiro de Vôlei Sentado “Série Prata”

junho 03 08:47 2019 Imprimir Conteúdo

A Confederação Brasileira de Voleibol Sentado (CBVD), através do presidente Ângelo Alves Neto, encerrou na manhã deste domingo, 02.06, o Campeonato Brasileiro de Voleibol Sentado “Série Prata”- Masculino – que reúne equipes do Norte e Nordeste do Brasil. As competições aconteceram no Ginásio Hermes Taurino em João Pessoa-PB.

Durante os três dias de competições oito delegações passaram pelo ginásio e pleitearam uma vaga no grupo principal da modalidade, a “Série Ouro”. No domingo, o Ginásio foi palco de disputas acirradíssimas entre as quatro delegações que disputavam o 1º, 2º, 3º e 4º lugar no Campeonato de Voleibol Sentado “Série Prata”.

O primeiro jogo aconteceu às 9h entre o ADEFSMIC (AL) e o ASDEPA (PA) com a decisão pelo 3º e 4º lugar. Por três sets a zero, o ASDEPA conquistou o bronze no campeonato.

Já a final que aconteceu entre o Tuna Luso (PA) e o APFA (PE) foi bastante agitada e após cinco sets o Tuna Luso levou a medalha de ouro com o placar de 3 sets a 2, deixando o APFA com a segunda colocação e a medalha de prata.

O presidente da Confederação Brasileira de Voleibol Sentado (CBVD), Ângelo Alves Neto, disse que este domingo representa um marco para a CBDV na expansão da modalidade por todo o Brasil. “Estamos ampliando nosso leque para que possamos levar o voleibol sentado a todos os cantos desse país. Durante esses três dias de competições pudemos perceber como os atletas estavam empenhados em levar o troféu para casa e o quanto quiseram estar aqui. O vôlei sentado representa a acessibilidade e a ressignificação do esporte na vida do quem pratica e quem torce”.

O técnico do Tuna Luso, Valdir Aguiar, não escondeu a satisfação ao falar do esforço da equipe para que chegassem a final. “Eu estou muito feliz porque nossos atletas estão focados. Para nós é uma meta, pois é primeiro ano que estamos participando dessa competição e nós já estamos em uma final e isso é bem gratificante porque estamos vendo que nosso trabalho já está tendo resultado lá em Belém e é por isso que a gente vai continuar. Acho sensacional a expansão do voleibol sentado está e precisamos divulgar ainda mais para que cresça porque eles pensam que não podem fazer nada, mas na verdade é a sociedade que não está fazendo tudo por eles”.

O secretário de Juventude, Esporte e Recreação (SEJER), Emano Santos, disse que quando se investe em inclusão social quem ganha é a população. “É um momento de muita satisfação participar deste campeonato! A CBVD realizando este evento de altíssimo nível com o apoio da prefeitura de João Pessoa e demonstrando que a inclusão social é prioridade “, frisou Emano.

Por Danilo Cardoso

Foto assessoria

  Editoria: