Trabalho desenvolvido pela SMAS para mulheres recebe homenagem na Câmara de Socorro

Trabalho desenvolvido pela SMAS para mulheres recebe homenagem na Câmara de Socorro
março 10 05:11 2021 Imprimir Conteúdo

Em sessão solene comemorativa pela passagem do dia Internacional da Mulher, na manhã desta terça-feira, 9, a Câmara Municipal de Vereadores de Nossa Senhora do Socorro prestou homenagem às servidoras do município que têm se destacado em seus postos de trabalho e, em especial, pelas ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CMPPM) em defesa dos direitos e da dignidade das socorrenses.

Presente na sessão, a secretária da SMAS, Carminha Paiva, usou a tribuna para falar sobre a importância do dia 8 de março e a atuação das equipes da assistência. “Esse espaço é muito importante para que a gente exponha o que tem sido feito em Nossa Senhora do Socorro em prol das mulheres em situação de vulnerabilidade social e até mesmo violência doméstica, bem como para dizer que nós mulheres não devemos nos calar, nem deixar de ocupar espaços importantes na sociedade, pois nós mulheres podemos ser o que quisermos”, pontuou.

A coordenadora da CMPPM, Lorena Bastos apresentou dados de combate a violência doméstica no município e falou sobre a importância do auxílio às mulheres que enfrentam essa situação. “A gente não pode se calar diante de episódios de violência doméstica, qualquer pessoa pode e deve denunciar uma agressão contra mulher, o amor não suporta tudo, amar não aguentar xingamentos, agressão física, emocional, psicológica ou mesmo financeira, porque uma mulher que está em uma relacionamento assim não está porque gosta de viver sendo violentada e sim porque não consegue sair. Aqui em Nossa Senhora do Socorro não temos medido esforços para combater toda e qualquer violação de direitos das mulheres, firmando parcerias com a sociedade de forma geral, com o poder público, principalmente com a guarda municipal, através da Patrulha Maria da Penha”, destacou.

A Patrulha Maria da Penha é fruto de um projeto de lei aprovado em abril de 2020 pela Câmara de Vereadores e sob a responsabilidade da Guarda Municipal tem auxiliado no combate a violência contra mulher em Socorro. A responsável pelas ações da Patrulha, Aline Barbosa afirma que os números apontam resultados muito positivos nesse quase um ano de atuação. “Temos visto a diferença na vida das mulheres em situação de violência, foram 304 atuações em seis meses, sendo oito boletins de ocorrência que resultaram em seis prisões, cinco delas por violência doméstica, três em flagrante, graças a capacitação dos nossos profissionais aptos para perceber quando algo não está correto em determinadas situações”.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: