Tirania contra o servidor

Tirania contra o servidor
dezembro 19 08:00 2019 Imprimir Conteúdo

Sergipe está assistindo o governo massacrando os servidores em nome de um dito enxugamento das finanças estaduais. Sem projetos concretos para tirar Sergipe do atoleiro, o executivo prefere o caminho mais fácil, porém cruel com seus colaboradores diretos. Em tramitação na Assembleia, essa famigerada reforma da Previdência não vai recuperar o caixa do Estado, pois a crise do governo é de competência. Tivesse propostas para fazer crescer a arrecadação, enxugar a máquina pública e atrair novos empreendimentos, a economia seria estimulada, com o consequente crescimento da arrecadação. Em vez disso, este governo, que se conforma em chorar miséria pelos cantos, acha que a saída para a crise é maltratar ainda mais o coitado do servidor. Uma tirania! Tomara que nas eleições vindouras as vítimas desta nefasta reforma da Previdência se lembrem de seu carrasco, justo aquele que se elegeu dizendo ter chegado para resolver os problemas de Sergipe. Ora, pois!

CPI indecisa

A CPI da Pedofilia instaurada na Assembleia ainda não decidiu se convocará o vereador aracajuano Pastor Alves (PTB) para explicar a denúncia de pedofilia feita contra ele. O presidente da Comissão, deputado Samuel Carvalho (Cidadania), disse ao Jornal da Cidade que a convocação do vereador ainda será analisada pelos integrantes da CPI. Pastor Alves jura inocência e se diz vítima de chantagem de outro evangélico. Cruzes!

No pé de Noventa

O Ministério Público Eleitoral voltou a pedir à Justiça a cassação do deputado federal Valdevan Noventa (PSC). O parlamentar, que já andou preso por causa desse processo, é acusado de ter forjado doações à sua campanha no valor total de R$ 90 mil. O MPE descobriu que os “doadores” são pessoas carentes, a maioria vivendo do Bolsa Família. Nem precisa dizer que o deputado jura ser inocente e que tudo não passa de perseguição política dos adversários. Homem, vôte?

Comes e bebes

E quem vai oferecer um regabofe à imprensa é o ex-deputado federal e prefeiturável Almeida Lima (PV). Será às 12h30 desta sexta-feira, na chique residência do suplicante, ali no bairro Farolândia. Almeidinha anda sem falar sobre política desde o ano passado, quando se agastou com o governador Belivaldo Chagas (PSD) e deixou a Secretaria estadual da Saúde. Certamente, colocará a conversa em dia no comes e bebes de amanhã. Ah, bom!

Conhece de palanque

Ao contrário do que alguns pensam, a delegada de Polícia Danielle Garcia (Cidadania) não é uma novata em palanque político. No ano passado, a moça pediu votos para Valadares Filho (PSB), candidato derrotado ao governo de Sergipe. Com o naufrágio de Vavazinho, a delegada se transferiu para Brasília, onde trabalha no Governo Bolsonaro. Agora, filiada ao Cidadania, Danielle quer disputar a Prefeitura de Aracaju ou uma cadeira na Câmara de Vereadores. Então, tá!

Duas caras

O senador Rogério Carvalho e o deputado federal João Daniel – ambos do PT – integraram no Congresso o pelotão de choque contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Agora, os dois petistas estão em silêncio sepulcral sobre projeto idêntico do governo Belivaldo Chagas (PSD). Será que para Rogério e João Daniel o servidor estadual não tem a mesma importância do federal? Aff Maria!

Bonito de ver

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) ficou feliz da vida com a decoração do Edifício Maria Feliciana, no centro de Aracaju. Mais alto do estado, o prédio recebeu decoração natalina graças a uma parceria do governo com a Energisa. São 30 mil pontos de luz em formato de árvore de Natal, medindo cerca de 100 metros de altura. De tão bonito à noite, o Maria Feliciana nem parece um prédio quase desabitado, desde que o governo tirou de lá vários órgãos públicos. Vixe!

Fake News punida

O partido ou candidato que divulgar fake News será punido com multa e detenção de um ano. É o que determina resolução do Tribunal Superior Eleitoral. Segundo o documento, a divulgação de conteúdo falso será considerada denunciação caluniosa e provocará direito de resposta. A punição ainda é muito branda, mas tomara que ajude a colocar um freio nas línguas feridas dos fofoqueiros, verdadeiras pragas das campanhas eleitorais. Desconjuro!

Sem pressa

Perde tempo quem pergunta ao ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) se ele será candidato a prefeito de Aracaju. O moço prefere afirmar que, no momento, está focado nos problemas da capital: “Essa outra questão virá bem mais adiante”, discursa. Nos bastidores, porém, Vavazinho tem discutido possíveis alianças políticas na capital e não esconde o desejo de tentar desbancar o prefeito e candidato à reeleição Edvaldo Nogueira (PCdoB). Ôxe!

Saco de gatos

O PSC, também chamado de partido dos peixinhos, parece mais um saco de gatos. Prova disso são as queixas de alguns filiados contra o anunciado apoio da legenda à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Os deputados estaduais Gilmar Carvalho e Capitão Samuel já disseram que não acompanham o PSC nessa empreitada. Outros peixinhos menos votados também ameaçam abandonar o aquário porque não querem pedir votos para o prefeito de Aracaju. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 6 de agosto de 1886.

  Editoria: