Terapia ocupacional auxilia a recuperação de pacientes oncológicos do Huse

abril 28 08:38 2022

 

Como aliada na recuperação e enfrentamento contra o câncer, a Terapia Ocupacional (TO) tem demonstrado resultados significativos na evolução de pacientes pediátricos. A reabilitação através desse tratamento no Hospital de Urgências Governador João Alves Filho (HUSE) tem tornado o dia a dia das crianças da ala oncológica menos doloroso.

De acordo com a Terapeuta Ocupacional do Huse, Márcia Larissa, brincadeiras, pinturas e exercícios precisam fazer parte das atividades lúdicas integradas na vida dos pequenos, que passam por dificuldades em se comunicar durante o tratamento. “A criança com câncer que está hospitalizada deixa de realizar as suas ocupações, deixa de brincar, de estudar, interagir com a família, tomar banho sozinha e até comer sozinha. A Terapia Ocupacional vai atuar auxiliando no resgate dessas atividades, da realização das ocupações”, diz Márcia.

Com a participação ativa dos pacientes, relatos positivos tornam-se cada vez mais frequentes e apesar do pouco conhecimento da população sobre a área, a T.O já é utilizada como abordagem há mais de 10 anos no Huse e com evolução constante.

Para a médica oncologista pediátrica, Dra. Pérola Barros, tirar o foco da doença é essencial na recuperação “Uma das certezas que tenho é que o humor e a retirada do foco da patologia no ambiente hospitalar ajudam muito”, afirma a médica que acompanha os pequenos na trajetória contra o câncer.

Para Aline Ferreira, mãe de Gael, de 2 anos de idade, paciente do Huse, “a terapia ocupacional é fundamental para as crianças oncológicas que estão passando por momentos muito delicados. Meu filho é uma boa resposta em relação as atividades apresentadas com a terapia ocupacional”, afirma.

  Editoria: