Técnicos da UFS aprovam participação em Greve Geral

Técnicos da UFS aprovam participação em Greve Geral
janeiro 16 14:40 2020 Imprimir Conteúdo

 

Os servidores técnicos da Universidade Federal de Sergipe (UFS) decidiram durante a assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (16) aprovar o “estado de greve”. O encontro contou ainda com a discussão inicial do processo de consulta pública para reitor da universidade sergipana.

O objetivo é manter a categoria mobilizada com vistas à greve geral do serviço público, que deve acontecer no dia 18 de março próximo. De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato dos Técnicos da Universidade Federal de Sergipe (Sintufs), a categoria é favorável à participação na greve geral.

Com a aprovação do “Estado de Greve” as atividades e trabalhos não serão paralisados imediatamente, trata-se de um processo de mobilização permanente para uma Greve Geral do serviço público, prevista para o dia 18 de março e convocada em conjunto a outras categorias, como a docência, servidores do INSS e demais carreiras do serviço público federal.

A greve geral de março também vai defender a revogação da Medida Provisória 914, que modificou o rito para a eleição e nomeação dos reitores das universidades federais e institutos técnicos. De acordo com o texto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderá não acatar o nome mais votado da lista tríplice de candidatos apresentada pela instituição de ensino.

Foto: Sintufs

  Editoria: