Surfistas organizam “Ato de repúdio à violência contra mulher”, este sábado

Surfistas organizam “Ato de repúdio à violência contra mulher”, este sábado
julho 18 16:35 2018 Imprimir Conteúdo

 

Um grupo formado por mulheres surfistas de Sergipe, realizará neste sábado (21), a partir das 15h, um “Ato de repúdio à violência contra a mulher”. A Manifestação contará com apresentações artísticas, debates e show que acontecem no calçadão em frente à passarela de acesso à Praia da Cinelândia, no final da Orla de Atalaia.

O grupo resolveu se mobilizar após uma das integrantes ser covardemente agredida, pelo até então namorado, surfista e empresário da Capital. A revolta e união de outras mulheres tomou forma e se transformou em um grande evento.

O ato tem por objetivo não só pedir justiça para o caso, como incentivar outras mulheres a denunciar seus agressores e levantar o debate acerca do assunto.

Violência em Sergipe

O Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis – DAGV divulgou recentemente que o número de casos de violência contra a mulher cresceu. Em 2017, foram registrados ao total 2.873 boletins de ocorrência. Este ano, foram registrados 1.560 de janeiro até julho, 114 a mais que no mesmo período do ano passado.

Programação:

15h – Chegada para organização e confecção dos cartazes

16h – Vivência sagrado equilíbrio -Fluxo Festival

16h30 –  Microfone Aberto

16h40 – Roda de conversa com o tema : “Violência e discriminação contra a mulher, um mal que naturalizamos”, com a Valdilene Cruz Martins ( Advogada), Sara Noémia (Estudante de letras Português/ Francês – UFS e militante do coletivo de mulheres)  e Mariza Almeida ( Psicóloga).

17h45 – Microfone Aberto

18h – Show de encerramento com Diane Veloso e Alex Sant’anna

Por Adriele Escarlytte

  Editoria: