Sujeira com Aracaju

fevereiro 26 08:13 2019 Imprimir Conteúdo

Aracaju volta a correr o risco de ficar cheia de lixo por causa de uma pendenga financeira entre a Prefeitura e a empresa Torre. Em dezembro passado, a capital passou dois dias sem coleta porque, segundo a prestadora do serviço, várias faturas estavam atrasadas e sem previsão de pagamento. Agora, a Torre informa que o problema é o mesmo. Como ocorreu em dezembro, a Prefeitura se apressou em negar o atraso das faturas. A Torre, contudo, garante não dispor mais de recursos para manter a frota de caminhões, pagar os salários dos empregados e os empréstimos bancários. Ao aracajuano interessa muito pouco quem está falando a verdade. O que importa ao contribuinte é ver o lixo sendo coletado regularmente, pois esta é uma obrigação da Prefeitura, que recolhe xibilhões em impostos para manter a cidade limpa. Tomara que, por conta desse disse-me-disse, Aracaju não passe o Carnaval fantasiada de latrina imunda e fedorenta. Que sujeira!

Leite derramado

Pelo andar da carruagem, a fábrica de laticínios Sabe caminha para ser vendida ou fechar as portas em definitivo. Um dos donos da indústria, o ex-governador Albano Franco (PSDB) disse ao portal Infonet que a crise econômica é responsável pela paralisação. Administrador da Sabe, o empresário Ricardo Franco ainda não se manifestou sobre o futuro da empresa. Albano garante que os fornecedores e os 245 empregados diretos serão regiamente pagos. Então, tá!

Pelo ralo

Em vez de reduzir as enormes perdas de água tratada (quase 50%), a Deso prefere repassar o enorme custo de desperdício para o consumidor. Quem pensa assim é o deputado estadual Georgeo Passos (Rede). Ele condenou o exagerado reajuste de 5,89% na conta de água a partir do próximo dia 1º. Para demonstrar a incompetência da Deso, o deputado citou os constantes rompimentos das adutoras, a ineficiente gestão de recursos humanos e o pagamento exagerado de horas extras. Crendeuspai!

Alheio aos blocos

E o deputado estadual Iran Barbosa (PT) corre o risco de não participar de nenhuma comissão temática da Assembleia. Segundo o vice-presidente do Legislativo, Francisco Gualberto (PT), o colega se recusa a integrar qualquer bloco partidário, exigência do Regimento Interno para compor as comissões. Diante da posição de Iran, Gualberto espera que a direção petista defina qual será o comportamento do partido na Assembleia. Homem, vôte!

Deram as caras

Foragidos desde a última sexta-feira, os empresários Joel do Nascimento Cruz e Gildo Pinto dos Santos se apresentaram à Polícia. Eles são acusados de meterem a mão grande no dinheiro da Prefeitura de Lagarto. Pelo mesmo motivo já estão presos o prefeito Valmir Monteiro (PSC) e seu genro Igor Ribeiro Costa Aragão. Após terem sido interrogados, os dois empresários foram engaiolados numa delegacia de Aracaju, onde aguardarão decisão judicial. Aff Maria!

Fafen debatida

E o ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielle, não conseguiu embarcar para Aracaju visando participar da audiência pública, “A hibernação e os riscos de privatização da Fafen”. Realizado no plenário da Assembleia, o evento reuniu políticos, empregados da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados e sindicalistas. Segundo o deputado estadual Iran Barbosa (PT), Sergipe ficará menor com o fechamento ou privatização da Fafen, que produzia amônia e ureia. É vero!

Saúde falida

Derrotado na disputa pela Prefeitura de Aracaju, o ex-deputado federal Valadares Filho (PSB), vive criticando o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Vavazinho acusa o comunista de ter privatizado a saúde pública da capital, “oferecendo um péssimo serviço à população”. O ex-deputado lembra que, nos últimos dois anos, liberou cerca de R$ 2 milhões em emendas para a manutenção das unidades básicas de saúde de Aracaju. Marminino!

Farda de volta

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) anunciou apoio à PEC permitindo que militares retornem aos quartéis após cumprirem mandatos parlamentares. Atualmente, os PM’s eleitos vão direto para a reserva remunerada depois de serem diplomados pela Justiça Eleitoral. A Proposta de Emenda à Constituição é de autoria dos deputados federais Sargento Isidoro (Avante/BA) e Capitão Augusto (PR/SP).

Audácia da pilombeta

Será que o ministro Ricardo Vélez, da Educação, tem um parafuso a menos? É o que faz crer, diante de sua presunção em mandar e-mail às escolas pedindo que as crianças sejam perfiladas para cantar o hino nacional. Pior, ainda manda que o momento seja gravado em vídeo e enviado para o governo. Quem és tu, Coriolano, para determinar tamanho disparato? Alguém precisa dizer ao gajo que não se filma crianças sem autorização dos responsáveis. Ademais, o MEC não tem competência para pedir nada disso às escolas particulares. Respeite o povo, mocorongo!

Apaga velinhas

O Jornal da Cidade ficou mais velho nesta terça-feira. Fundado pelos jornalistas Ivan Valença e Nazário Pimentel, o JC está completando 48 anos de credibilidade e muita informação, fato que o tornou um dos veículos de comunicação mais respeitados de Sergipe. Parabéns a todos os que integram este grande jornal.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 2 de junho de 1931.

Resumo dos Jornais

  Editoria: