SINTEGRE denuncia que prefeita não pagou reajuste de 15,989% aprovado no mês de março

SINTEGRE denuncia que prefeita não pagou reajuste de 15,989% aprovado no mês de março
maio 03 16:33 2022

 

Os servidores públicos de Monte Alegre comemoraram em março a conquista do reajuste de 15,989% pela lei 91/2022, sancionada no dia 17/3, mas até agora a prefeita Nena de Luciano (PP) não pagou nem R$ 1 de reajuste aos servidores. Chegou o contracheque de março e nada. O contracheque de abril e de novo sem reajuste.

Então o SINTEGRE (Sindicato dos Servidores Públicos de Monte Alegre), filiado à CUT e à FETAM, enviou um ofício à Prefeitura buscando informações, mas não obteve nenhuma resposta formal.

Assim, até o dia 10 de maio, o presidente do SINTEGRE, Rinaldo Santana, pretende chamar uma assembleia geral para conversar com os servidores e decidir coletivamente qual atitude os trabalhadores vão tomar.

Rinaldo Santana contou que existem 278 servidores públicos e 102 professores que trabalham para a Prefeitura de Monte Alegre e querem uma resposta sobre o reajuste aprovado que ainda não foi pago.

“A cobrança dos servidores aos dirigentes sindicais é diária. De maneira informal, a prefeita falou que vai pagar em maio, mas a lei está sendo descumprida. A prefeita está sem credibilidade. Não dá para acreditar na palavra da prefeita de que vai pagar em maio. Queremos uma resposta oficial da Prefeitura”, acrescentou Rinaldo.

Tesoureiro do SINTEGRE, Josenil Henrique explicou que o último reajuste que os servidores de Monte Alegre tiveram foi em 2019, de lá para cá acumulam perdas salariais e assistem a inflação destruindo seu poder de compra.

Foto assessoria

Por Iracema Corso

  Editoria: