SINPAF realiza Fórum em Defesa de Instituições Públicas de Pesquisa Agropecuária

SINPAF realiza Fórum em Defesa de Instituições Públicas de Pesquisa Agropecuária
setembro 15 07:40 2018 Imprimir Conteúdo

 

Frei Beto é um dos palestrantes convidados, entre pesquisadores e lideranças do movimento social do campo

Por: Iracema Corso

Escritor com formação em Jornalismo, Antropologia, Filosofia e Teologia, Frei Beto vem a Aracaju nesta segunda-feira, dia 17 de setembro, para palestrar na mesa de abertura do II Fórum Nacional em Defesa das Instituições Públicas de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário.

A atividade é promovida pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (SINPAF), filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), e acontecerá no Celi Hotel Aracaju reunindo trabalhadores do campo, da Embrapa, Codevasf, lideranças do MPA (Movimento de Pequenos Agricultores), MST (Movimento Sem-Terra) e MCP (Movimento Camponês Popular).

‘Pesquisa Pública e Desenvolvimento Sustentável: para que e para quem?’ é o primeiro tema de debate entre o escritor Frei Beto e o pesquisador em Agroecologia Paulo Petersen. Ainda no turno da manhã está previsto o debate ‘Codevasf pública como ferramenta para o desenvolvimento regional sustentável’ que vai contar com os debatedores Ailton Rocha, engenheiro agrônomo e superintendente da SEMARH e a doutora em Ciências Sociais Tânia Magno.

Já no turno da tarde, a última mesa terá como palestrantes o engenheiro florestal e membro da coordenação nacional do MST Luiz Zarref, a pedagoga Rafaela Alves, da direção nacional do MPA e o gestor ambiental, diretor do SINPAF, Jean Kleber. Eles vão debater sobre ‘O papel dos movimentos sociais e do sindicato na construção da pesquisa pública e do desenvolvimento rural sustentável’.

“Neste momento, entendemos que devemos acelerar a defesa das instituições públicas, então nós do SINPAF vamos realizar um Fórum em cada região do Brasil. A idéia é unir forças junto ao movimento social do campo em defesa da pesquisa que trata da alimentação, uma questão de soberania nacional, precisamos no unir em defesa do ensino público, da universidade, é um debate urgente que envolve todos nós e por isso precisa acontecer em todas as regiões do país”, observou Edmar Siqueira um dos dirigentes sindicais do SINPAF em Sergipe que está à frente da organização do II Fórum.

  Editoria: