“Sergipe tem mais pessoas recebendo Auxílio Brasil que com carteira assinada”, diz vereador de Aracaju

maio 03 16:00 2022

 

O alerta feito, nesta terça-feira, 3, na Sessão Ordinária da Câmara de Aracaju, pelo vereador da capital sergipana, Sargento Byron (Republicanos), é para os números divulgados pelo Ministério da Cidadania no que se refere à adesão dos cidadãos brasileiros ao Auxílio Brasil. Em Sergipe, 374 mil pessoas estão recebendo o benefício do governo federal, enquanto 284 mil trabalham com carteira assinada.

São 22% a mais de pessoas recebendo o auxílio em relação aos demais cidadãos em empregos formais. O parlamentar lamentou os dados, considerados por ele como um reflexo negativo da crise da Covid-19, e cobrou medidas eficientes do Governo do Estado e da Prefeitura de Aracaju que visem estimular a vinda de empresas para o território sergipano e a abertura de postos de trabalhos.

“São dados estaduais, mas que afetam Aracaju também. É uma realidade local. Mais pessoas estão sobrevivendo do auxílio do governo federal. Isso é fruto da falta de emprego, do aumento da pobreza e da piora da economia. A situação é grave, e o povo espera do Governo de Sergipe, da Prefeitura de Aracaju, desta Casa, uma solução”, desabafou.

Byron pede que as gestões inovem e criem políticas econômicas fortes, modernas e que mostrem as potencialidades de Sergipe. “O nosso povo tá sofrendo sem emprego. Precisamos pensar em alternativas, saídas que mudem essa realidade e transformem as vidas dos cidadãos. Precisamos segurar os empregos e criar novas oportunidades para que os sergipanos ocupem e tenham dignidade”, finalizou.

Por Pábulo Henrique

Foto: Gilton Rosas

  Editoria: