Sergipe e Rio de Janeiro decidem ouro no vôlei de praia dos JEJs em Blumenau

by Munir Darrage | 29 de novembro de 2019 14:24:09

As emoções vividas na tarde desta quinta-feira (28), nas areias do Parque Ramiro Ruediger, em Blumenau, por ocasião da partida semifinal entre Sergipe e Santa Catarina, podem se repetir, até em maior intensidade e com mais dramaticidade na manhã desta sexta-feira (29), por ocasião da decisão da medalha de ouro do vôlei de praia feminino, dos Jogos Escolares da Juventude, aqui em Blumenau.

As duplas de Sergipe e Rio de Janeiro entram em quadra, na busca da medalha de ouro. Para chegar à grande final, a dupla sergipana teve que superar o Rio Grande Norte nas quartas de final e na semifinal, numa partida cheia de dramaticidade muito emocionante, a equipe de Santa Catarina. Foram duas vitórias por 2×1, sempre de virada, para aumentar o clima emocional.

A partida final está marcada para as 10h e deve ter transmissão pelo Instagram do Comitê Olímpico do Brasil.

Vitória dramática

Vanessa e Ágatha estão com uma torcedora de peso. Embaixadora dos Jogos Escolares da Juventude, campeã mundial e melhor atleta do mundo de vôlei de praia, a sergipana Duda Lisboa tem dado uma força tremenda e prestigiado os jogos das conterrâneas. Foi assim na quarta-feira contra Amazonas e Paraná e na quinta-feira contra o Rio Grande do Norte e Santa Catarina.

“Estou aqui na torcida. Não perdi um jogo das meninas e parece que tudo vai sair como esperamos, com a conquista da medalha de ouro. Pela luta, pela garra, essas meninas merecem essa medalha”, comentou Duda Lisboa.

As sergipanas Vanessa e Ágatha têm assim a oportunidade de mais uma vez colocar Sergipe no alto do pódio, assim como aconteceu em 2018 em Natal, quando Ágatha conquistou a medalha de ouro.

Para Ágatha, a vitória chegou em um momento difícil e foi conquistada com muita superação. “Acredito que o momento mais difícil foi quando errei um saque. Faltava um ponto para fechar a partida. Errei o saque e elas encostaram, deixando a diferença em apenas um ponto. Ali eu temi pelo resultado. Mas no final deu tudo certo e vencemos a partida”, comemorou Ágatha.

A visão de Vanessa é diferente. Para ela, o momento mais crucial da partida foi a derrota por diferença muito grande no primeiro set. “Ali, pensei que não teríamos condições de reverter o placar e levar a decisão para o tiebrack. Mas superamos os medos e os erros, todos os obstáculos, e vencemos a partida. Agora é descansar, somar forças para estar bem na grande final contra as meninas do Rio de Janeiro”, disse Vanessa, muito confiante na vitória nesta sexta-feira.

Fazendo história

O voleibol de praia feminino sergipano está fazendo história nos Jogos Escolares da Juventude em Blumenau. Depois de uma partida muito disputada, a dupla sergipana formada por Vanessa e Ágatha, alunas do IDFG, venceu as donas da casa a dupla catarinense por 2×1, isso depois de perderem o primeiro set por 12×21.

A dupla sergipana se reabilitou no segundo set e venceu por 21×15. No set desempate, Santa Catarina saiu na frente, colocou 6×3. Sergipe reagiu e com a torcida de Duda – a  sergipana que, como embaixadora dos jogos, está prestigiando as meninas do IDFG – Sergipe reagiu, empatou em 9×9, virou o jogo para 10×09 e a partir daí, não saiu da dianteira até fechar 15×13. Depois foi só comemoração. Sergipe está na final e enfrentará na manhã desta sexta-feira a dupla do Rio de Janeiro.

Pela manhã, em outra partida dramática, Sergipe despachou o Rio Grande do Norte também por 2×1, depois de ter perdido o primeiro set por 16×21. O time sergipano se reabilitou, venceu o segundo set por 21×17 e no tiebrack fez 15×12.

Fonte e foto Assessoria de Comunicação da SEDUC

Source URL: http://espacolivrenoticias.com.br/sergipe-e-rio-de-janeiro-decidem-ouro-no-volei-de-praia-dos-jejs-em-blumenau/