Semana do Meio Ambiente é realizada em Canindé de São Francisco

junho 05 06:21 2022

 

Plantio de mudas nativas da caatinga, palestras e debates fizeram parte da programação

A Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) Nº 12.305/2010, estabelece algumas diretrizes sobre a redução, reaproveitamento e reciclagem de resíduos, que envolvem ações de coleta seletiva, compostagem, educação ambiental, apoio às cooperativas, além de monitoramento e fiscalização dos órgãos ambientais.

Estes e outros assuntos foram discutidos durante a Semana do Meio Ambiente, realizada de terça-feira (31) até a última quinta-feira (02), pela Prefeitura de Canindé de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Água e Meio Ambiente. O evento contou com a presença de especialistas, técnicos da área, servidores municipais e comunidade em geral.

Uma das palestras realizadas discutiu a Importância do Fortalecimento da Coleta Seletiva, proferida pela bióloga, Vânia Benício, do Consórcio de Saneamento do Baixo São Francisco (CONBASF). Canindé de São Francisco é um dos poucos municípios que dispõe do serviço de coleta seletiva na Região do Alto Sertão. “Atualmente falar sobre resíduos sólidos têm sido um assunto bastante discutido, principalmente sobre as ações dos poderes públicos e também sobre o papel do cidadão em separar o seu lixo. Por isso, a discussão em torno da coleta seletiva, com o objetivo de disseminar o conhecimento, multiplicando a informação para que efetivamente se torne uma prática mais recorrente na sociedade”, explica a bióloga.

Em 2020, foram gerados cerca de 82,5 milhões de toneladas de lixo no Brasil, de acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE). Deste montante, 60,2% do lixo tiveram sua disposição inadequada, o que reforça a importância da coleta seletiva e da separação correta do lixo (metal, papel, vidro, plástico e orgânico).

Na ocasião, cada Escola da Rede Municipal de Ensino recebeu de maneira simbólica, para marcar a semana de conscientização, um vaso para plantas no formato de xícara, produzido através do processo de reaproveitamento de resíduos com a utilização de pneus velhos.

Plantio de Mudas e A3P

No último dia do evento, foi realizada uma palestra sobre a Implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P, ministrada pelo engenheiro ambiental, sanitarista e superintendente do Consórcio Público de Resíduos Sólidos e Saneamento Básico do Sul e Centro Sul Sergipano (CONSCENSUL), Edivaldo Ribeiro. “O A3P é um Programa do Ministério do Meio Ambiente ao qual os municípios brasileiros têm a prerrogativa de executar as melhores práticas e ações para diminuir o quantitativo de materiais que são utilizados ou desperdiçados pelos órgãos públicos. Práticas como redução de folhas de papel, bem como os materiais impressos. Na verdade, trata das boas práticas e melhorias que podem ser implementadas no ambiente de trabalho e na rotina diária das atividades”, pontua o superintendente.

O plantio de mudas na área do novo Centro de Especialidades Médicas (o qual passa por obras e em breve será entregue à população), encerrou as atividades. Foram plantadas mudas de espécies nativas da Caatinga que, a partir de agora, irão compor a arborização do local.

Para o prefeito de Canindé de São Francisco, Weldo Mariano, a realização do evento serviu para conscientizar a população sobre a importância do tema. “É de grande importância discutir temas relevantes ligados ao meio ambiente com a nossa população, com o objetivo de fazer um trabalho cada vez mais integrado, envolvendo as Secretarias Municipais e toda a comunidade, fortalecendo o trabalho já desenvolvido e podermos também implementar novas práticas”, ressalta o prefeito.

Prestigiaram ainda a programação, o secretário Municipal de Agricultura, Água e Meio Ambiente, Vitor Mota; o secretário chefe de gabinete, Edésio Monteiro; a secretária de Finanças e Administração, Jacyanna Vieira; a secretária de Turismo e Cultura, Patrícia Vitor; o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Rildo Carvalho; o controlador geral do Município, Ricardo França; a primeira-dama do Município, Leila Santos; a coordenadora do Departamento de Meio Ambiente, Tânia Monteiro; o superintendente da SMTT, Fernando dos Santos; a secretária-adjunta da Educação, Maria Ramos; e o coordenador da Defesa Civil Municipal, Adilson Damasceno.

Foto assessoria

Por Silas Santos

  Editoria: