Seinfra inicia recuperação de pista de skate e áreas de lazer da Orla de Atalaia

Seinfra inicia recuperação de pista de skate e áreas de lazer da Orla de Atalaia
janeiro 19 13:59 2018 Imprimir Conteúdo

Cuidar dos espaços de lazer e preservar o patrimônio público tem sido ações executadas constantemente pelo Executivo Estadual na capital e no interior. Por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), O Governo de Sergipe iniciou a reforma da pista de skate na Orla de Atalaia e está executando a manutenção da iluminação na região dos lagos, recuperando os equipamentos de ginástica da praça em frente a rotatória de acesso ao bairro Coroa do Meio e recuperando a ponte de madeira em frente ao Oceanário.

Tendo 4000 metros quadrados de área construída, a pista de Skate Cara de Sapo foi concebida à época seguindo os circuitos da Alemanha, Praga e Califórnia, é uma das mais importantes do país e conta com uma pista para a prática do Vertical – Half-pipe – e vários obstáculos para o ‘Street’, como Fun Box, Wall Ride, Savana, Quartier Pipe, somando ao todo 27 barreiras, que permite a realização de competições internacionais como o Campeonato Mundial.

Os serviços

Segundo o Secretário Estadual da Infraestrutura, Valmor Barbosa a recuperação integra os serviços de manutenção realizados pela Seinfra na orla. “Sabemos a importância do espaço para os praticantes da modalidade, principalmente agora que se tornou oficialmente esporte olímpico e iremos recuperá-lo, uma vez que além do desgaste natural ocasionado pela maresia, os equipamentos do local, bem como de toda a orla são alvos diários dos vândalos. Iniciamos os serviços instalando dois novos refletores e substituindo três lâmpadas de 1000 Watts, além de fazer a troca de dois reatores e instalarmos quatro novos”, detalha.

Ele destaca outras atividades da reforma. “Assim que concluirmos a soldagem nos tubos dos bow’s (banheiras) faremos o mesmo procedimento em toda a tubulação, caneletas e guarda-corpo existentes na pista e substituindo o que não puder ser recuperado.  Posteriormente faremos a troca da tubulação da escada e do guarda-corpo do paredão de rapel e possivelmente nos próximos meses aplicaremos piso de alta resistência nos espaços necessários”, explica.

O operador de áudio, Vitor Mota, diz que a reforma é primordial. “Moro em São Paulo e venho a Aracaju uma vez ao ano, posso afirmar que essa pista é uma das melhores que conheço e a reforma será muito importante para os praticantes do esporte, pois eles praticarão com mais segurança”, declara o skatista de 25 anos.

Também praticante do esporte, Charles Santos, 32 anos, aprova a iniciativa. “Frequento essa pista desde a inauguração, ela é uma das melhores do país em razão da sua difusão de obstáculos, assim, é importante está sempre realizando a manutenção, já que por ser construída próximo ao mar, a ação do tempo e a maresia nos equipamentos é mais intensa”, afirma o autônomo.

Outras ações

Valmor Barbosa diz que além dos serviços de manutenção diária, outras ações estão sendo executadas. “Estamos concluindo a recuperação, substituição e pintura dos equipamentos de ginástica (barras fixas, argolas, paralelas) localizados na praça em frente à rotatória de acesso ao bairro Coroa do Meio, fazendo a substituição de 80% da passarela de madeira sobre o córrego em frente ao oceanário e finalizando a troca de suportes, lâmpadas e reatores dos postes de iluminação em volta dos dois lagos”, revela.

O secretário ressalta que o Executivo faz o que lhe compete, porém, uma parte da população não contribui para a conservação. “O Governo do Estado é consciente de que os cuidados técnicos são indispensáveis para o funcionamento regular dos equipamentos e isso mantém uma equipe de trabalho permanente em toda a extensão da orla sob sua responsabilidade. Antes eram investidos aproximadamente R$ 150 mil por mês nos serviços de manutenção, valores estes que nos últimos meses chegam a quase R$ 200 mil, por conta dos inúmeros atos de vandalismo praticados rotineiramente em na orla”, enfatiza.

Por: Alex Santiago

Foto: Jorge Reis

  Editoria: