Seduc e SSP articulam ações de segurança preventiva fira e dentro das escolas

Seduc e SSP articulam ações de segurança preventiva fira e dentro das escolas
abril 16 15:51 2019 Imprimir Conteúdo

O Governo de Sergipe, por intermédio das pastas da Segurança Pública (SSP) e da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), avança na implementação de estratégias de prevenção e enfrentamento à violência e ao uso de drogas nas proximidades das escolas públicas estaduais, em todo o território sergipano.

As ações, capitaneadas e desenvolvidas pelo Núcleo de Segurança Escolar (NSE) e Diretorias de Educação da Seduc, conjuntamente com a Polícia Militar, têm resultado no aumento das rondas preventivas realizadas pela PM, em áreas consideradas vulneráveis, e na consequente diminuição das ocorrências relativas à violência no entorno das unidades escolares da Rede Estadual de Ensino.

Nesse sentido, o coordenador do NSE, Ferreira Junior, e a diretora da Regional de Educação do Agreste (DRE 3), professora Daniele Silva, estiveram reunidos nesta terça-feira, 16, com o comandante do 3º Batalhão da PM, tenente coronel Sidney Correia, na sede do órgão, em Itabaiana.

De acordo com Ferreira Junior, a reunião com o comando do 3º BPM dá sequência à série de visitas que o Núcleo de Segurança Escolar da Seduc tem empreendido junto aos batalhões regionais da Polícia Militar, como a que foi feita no último mês de fevereiro ao 5º BPM, em Nossa Senhora do Socorro, a qual já resulta em reforço da ronda policial nas proximidades de escolas localizadas em regiões que requerem maior atenção da PM.

“Ao 3º Batalhão, como aos demais que já visitamos, solicitamos rondas preventivas da PM nas proximidades das escolas da rede estadual e o apoio necessário da instituição Polícia Militar aos diretores das escolas, os quais passarão a ter, a partir dessa reunião de trabalho, contado telefônico direto com as viaturas da PM que dão suporte operacional à região em que as escolas estão localizadas”, destacou.

Segundo o coordenador do NSE, como resultado dessa aproximação entre as pastas da Educação e da Segurança Pública, o 3º BPM propôs, e a DRE 3 aceitou, uma parceria de trabalho, a ser iniciada já no mês de maio, para execução de um projeto de prevenção ao uso de drogas no ambiente escolar.

“Ficou acordado que daremos início a esse projeto dentro dos próximos 20 dias, com ações de capacitação de professores e gestores das escolas desta Regional de Educação. No segundo momento, o projeto prevê a realização de palestras nas escolas, atendendo aos alunos e, no terceiro momento, os policiais avaliarão o desempenho individual de cada escola para que, juntos aos gestores e à Diretoria de Educação, sejam traçadas novas estratégias de atuação conjunta”, afirmou Ferreira, ao ressaltar que o 3º BPM também realizará ações voltadas à capacitação dos profissionais da vigilância escolar.

O 3º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Itabaiana, está composto de quatro Companhias que atendem, no total, às demandas de policiamento ostensivo de 14 municípios do agreste sergipano: Itabaiana, Campo do Brito, Carira, Ribeirópolis, Areia Branca, São Domingos, Macambira, Pedra Mole, Pinhão, Frei Paulo, Malhador, São Miguel do Aleixo, Moita Bonita e Nossa Senhora Aparecida.

Núcleo de Segurança da Seduc

Localizado em um prédio anexo ao Centro de Excelência Professora Maria Ivanda de Carvalho Nascimento, no bairro 18 do Forte, em Aracaju, o Núcleo de Segurança Escolar, dentre outras atribuições, responde pela elaboração e implantação dos planos de segurança das unidades escolares da rede pública estadual, além de estar diretamente ligado a atividades de prevenção e segurança pública da Polícia Militar de Sergipe.

O Núcleo também inspeciona as dependências internas e externas das escolas, controla o fluxo e acesso de pessoas, prevenindo e detectando anormalidades; coordena o patrulhamento voltado à prevenção de infrações contra o bem público, serviços e instalações da Seduc, incluindo a fiscalização do cumprimento das atribuições dos vigilantes; elabora e implanta o plano de segurança no âmbito da Seduc.

Tecnologia

A partir da central instalada no Núcleo de Segurança Escolar é possível acompanhar, em tempo real, o que acontece em prédios administrativos da Seduc e em dezenas de escolas da rede estadual, por meio de um Sistema de Monitoramento Eletrônico por Vídeo, de ótima funcionalidade. Atualmente o sistema está em funcionamento em 46 unidades escolares e encontra-se em processo de ampliação para mais cerca de 240.

O monitoramento eletrônico implantado pelo órgão permite ligação direta entre as escolas e o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), que organiza e encaminha ações das Polícias Civil, Militar, Técnica e do Corpo de Bombeiros.

De acordo com Ferreira Junior, as escolas já contempladas pelo sistema de monitoramento estão equipadas de câmeras, software e dispositivo de pânico silencioso. Ele explica que, toda vez que alguém adentrar um local não autorizado, será gerado um alerta com imagens do que causou a violação, e tanto a Polícia quanto o Núcleo são avisados da ocorrência.

O monitoramento também acontece nos momentos em que a escola está fechada, por meio de agendamento prévio feito com o auxílio dos gestores escolares. Nesses horários pré-agendados, os locais estratégicos das escolas são monitorados, e qualquer detecção de movimento irá gerar o alerta.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

  Editoria: