Secretários municipais realizam visita aos familiares do servidor assassinado

Secretários municipais realizam visita aos familiares do servidor assassinado
abril 11 06:35 2018 Imprimir Conteúdo

Na tarde desta terça-feira, 4, os secretários municipais do Planejamento, Orçamento e Gestão, Augusto Fábio Oliveira, e da Defesa Social e Cidadania, coronel Luiz Fernando Almeida, realizaram uma visita aos familiares do guarda municipal Paulo Sérgio de Oliveira, morto no último domingo, enquanto trabalhava no Mercado Municipal. O objetivo foi disponibilizar todo o suporte psicossocial e agilizar todos os trâmites previdenciários para salvaguardar a família, obedecendo à determinação do prefeito Edvaldo Nogueira.

A visita foi acompanhada pela presidente do Instituto de Previdência do Município de Aracaju (Aracaju Previdência), Avilete Ramalho, e pela coordenadora geral de Gestão de Pessoal da Seplog, Fernanda Moura, que prestaram esclarecimentos e orientaram em relação à toda a documentação necessária para a garantia de direitos.

Os secretários foram recebidos pela companheira do servidor assassinado, Maria do Carmo Pereira Santos, que destacou a sua satisfação em contar com esse apoio. “Estamos vivenciando um momento muito difícil e muito dolorido. Estou sem dormir direito e sem me alimentar, assim como minha filha. Contar com esse apoio e todas as informações que obtive aqui vão me ajudar a superar esse momento. Estou vendo que tudo aquilo que o prefeito me prometeu está sendo cumprido”, assegurou.

Apoio e Orientação

De acordo com o secretário Augusto Fábio, o suporte profissional de psicólogos e assistentes sociais se somará para ajudar a família a superar esse momento de dor e sofrimento. “Estamos cumprindo tudo aquilo que o prefeito Edvaldo Nogueira assegurou aos familiares. Com o apoio de profissionais especializados, esperamos colaborar para que a família ultrapasse essa complexa fase inicial da perda de um ente querido. Toda a orientação técnica e administrativa já foi assegurada para dar celeridade ao reconhecimento de direitos diante dessa fatalidade que também muito nos comoveu”, destacou o secretário.

Conforme o secretário de Defesa Social, coronel Luiz Fernando, desde os primeiros momentos após o fato, vem se buscando oferecer todo o suporte à família do servidor. “É a primeira vez que nos deparamos com um fato dessa natureza e estamos nos esforçando, conforme a diretriz dada pelo prefeito, para oferecer todo o suporte possível aos familiares do nosso servidor vitimado por este ato de violência”, ratificou.

Ainda esta semana,conforme a conveniência da família, os profissionais do serviço psicossocial iniciarão o delicado trabalho de abordagem específica para os familiares.

Foto Ana Lícia Menezes

  Editoria: