Secretaria de Saúde certifica novos condutores de motolâncias

junho 13 15:21 2022

 

A Secretaria de Estado da Saúde realizou na manhã desta segunda-feira, 13, solenidade de certificação dos alunos do Curso de Formação de Condutores de Motolâncias, que foi aberto à participação de profissionais do Grupamento Especial Tático de Motos (GETAM), Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRV), Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e a Guarda Municipal de Aracaju, instituições parceiras do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe).

A solenidade foi presidida pela secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, que destacou o trabalho em parceria. “É importante entender que não trabalhamos sozinhos, que não conseguimos servir a uma comunidade, a salvar vidas, ilhados. Isso aqui é um exemplo, em que todos estão imbuídos, cada um na sua área, em fazer o seu melhor”, enfatizou ela, falando também sobre o trabalho desenvolvido pelo CER IV e solicitando aos formandos a multiplicação das informações sobre a unidade que trabalha a reabilitação auditiva, intelectual, motora e visual.

Para a superintendente do Samu, Érika Alencar, unir esforços e promover especialização para as forças de saúde, de segurança e de trânsito é uma iniciativa que traz ganhos reais para a população. “Quando oferecemos treinamentos como este estamos qualificando ainda mais os profissionais e, consequentemente, melhorando o serviço que prestamos para a população”, reforçou.

O comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, tenente coronel Deni Ricardo Moraes dos Santos, também exaltou a parceria. “É louvável, primeiro porque promove a interação dos órgãos do Estado, reduzindo as distâncias, mas principalmente porque o curso é de alta qualidade. Os meus operadores que dele participaram ficaram muito impressionados e certamente ganharam mais técnica e habilidade na condução das motocicletas”, disse.

O supervisor de Motolância, Cleston da Silva Soares, explicou que o curso teve duração de 50 horas e foi focado em técnicas de pilotagem. “Os profissionais do Samu que atuam em motolâncias precisam também dos cursos de nivelamento, que são realizados mensalmente para treinamento em de técnicas de pilotagem, of road, habilidades, equilíbrio e velocidade”, salientou. Segundo ele, o Samu mantém três unidades de motolâncias em Aracaju, instaladas nas bases da Unit, Corpo de Bombeiros e Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Foto: Flávia Pacheco

  Editoria: