Secretaria de Estado da Saúde orienta os municípios sergipanos a mapearem idosos para vacinação contra Covid-19

Secretaria de Estado da Saúde orienta os municípios sergipanos a mapearem idosos para vacinação contra Covid-19
fevereiro 08 13:05 2021 Imprimir Conteúdo

Ação pretende organizar a logística para próxima etapa de imunização

Mapear os idosos existentes em Sergipe para identificar com precisão o quantitativo e onde estão domiciliados. Esta foi a orientação passada para os gestores municipais pela secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, durante palestra no seminário de acolhimento realizado pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Sergipe (Cosemes/SE), na última sexta-feira (05), no Quality Hotel. A proposta visa à preparação e organização dos municípios para a vacinação de idosos contra o coronavírus, público da próxima fase de imunização.

Na avaliação da secretária, é essencial que os municípios se organizem para dar agilidade e transparência no processo de vacinação. “É um desafio e teremos que vencê-lo. Não basta que o município diga que quer a vacina. É preciso estar pronto para iniciar o processo de vacinação de forma otimizada, ou seja, ao abrir o frasco de vacina que contém 10 doses é preciso ter 10 idosos para imunizar”, reforçou Mércia Feitosa, explicando que, depois de aberto o frasco, o tempo de validade da vacina varia entre seis e oito horas, dependendo do laboratório produtor.

Vacinas

O Governo de Sergipe recebeu na tarde do último domingo (07), uma nova remessa de vacinas da Coronavac para Imunização contra a Covid-19. Foram enviadas, pelo Ministério da Saúde, 23.800 doses que serão destinadas aos 75 municípios para continuidade da imunização dos profissionais de saúde e possibilitará início da segunda fase do Plano de Imunização, vacinando idosos com 90 anos ou mais.

Após o desembarque, os imunizantes foram transportados do Aeroporto de Aracaju até a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológico (Ceadi) da Secretaria de Estado da Saúde, que possui estrutura climatizada, para armazenamento e distribuição.

Para garantir agilidade na distribuição dos imunizantes, o Governo do Estado, através da SES, repetirá a logística de distribuição que vem desenvolvendo junto aos municípios.

Foto: Arthuro Paganini/Supec

  Editoria: