Secretária de Damares denuncia suspeita de ilegalidade em ONG sergipana

Secretária de Damares denuncia suspeita de ilegalidade em ONG sergipana
setembro 29 13:25 2020 Imprimir Conteúdo

 

A agora ex-secretária de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, Sandra Terena, enviou ofício à Assessoria Especial de Controle Interno da pasta informando irregularidades em convênios do Ministério com uma ONG de Sergipe. Isso foi feito pouco antes da sua demissão.

Trata-se da Associação dos Jovens Aprendizes com Deficiência Visual (AJACDEVI), localizada no bairro Luzia, em Aracaju. Segundo Sandra, na entidade existe malversação de recurso público. Ela afirma que a associação é representada por uma única pessoa com 18 CNPJs diferentes e que tem usado o nome do ministério de maneira ilícita para captar recursos.

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos afirmou que pediu a interrupção dos repasses para a AJACDEVI. A situação foi revelada pela Revista Crusoé.

De acordo com o jornal O GLOBO, no Portal da Transparência existem oito convênios em execução com a associação. Destes, foi efetuada até o momento a liberação do pagamento de uma emenda de autoria do ex-deputado Jony Marcos (PRB-SE) no valor de R$ 1 milhão e existe outra autorização de R$ 500 mil.

Os outros seis convênios que ainda não tiveram liberação somam um valor de R$1,1 milhão.

Fonte Blog do Max

  Editoria: