“A Saúde em Sergipe precisa ser priorizada”, afirma Eduardo Amorim

“A Saúde em Sergipe precisa ser priorizada”, afirma Eduardo Amorim
abril 20 13:39 2018 Imprimir Conteúdo

 

Em entrevista à Jovem Pan FM, nesta sexta-feira, 20, o senador Eduardo Amorim (PSDB) tratou da atual situação que Sergipe passa, em especial na área da Saúde que, para ele, “precisa ser priorizada”. O parlamentar lembrou o episódio da inauguração “fake” do Centro de Nefrologia promovida pelo Governo do Estado.

“É lamentável que se inaugure um Centro de Nefrologia sem ainda estar pronto, enganando os sergipanos, especialmente, os renais crônicos”, destacou o senador. Eduardo Amorim voltou a cobrar do Governo a construção do Hospital do Câncer que, até o momento, ficou apenas na promessa.

“Cadê o Hospital do Câncer? Em 2016, recebi das mãos do governador o edital de licitação do Hospital de Câncer. Estamos em abril de 2018 e até agora, nada! A obra não anda. Falta gestão e respeito com o sergipano”, salientou o parlamentar, lembrando os recursos já destinados para tornar realidade o HC de Sergipe.

Ainda na entrevista, o senador Eduardo pontuou algumas emendas que já destinou para a Saúde. Esses recursos possibilitaram a ampliação de hospitais, além da aquisição de equipamentos e materiais de consumo. “Como parlamentar, fiz minha parte e destinei recursos para os hospitais. O Hospital Universitário da UFS é um exemplo disso. Destinamos R$ 8 milhões de reais para a Construção do Anexo Hospitalar – Centro de Oncologia e de Transplantes – do HU-UFS (Campus Aracaju). Esse anexo já foi inaugurado”, ressaltou.

“Destinamos mais R$ 15,6 milhões para o HU para a construção da Unidade Materno-Infantil. Uma obra de extrema importância para atender as gestantes e os recém-nascidos. Os hospitais Cirurgia, São José e Santa Izabel também receberam recursos do nosso gabinete”, complementou Eduardo.

Fonte e foto Assessoria de Imprensa

  Editoria: