Sargento Byron pede intensificação do Proerd no combate ao bullying

junho 07 15:12 2022

Muito presente nas escolas da capital sergipana, o vereador por Aracaju, Sargento Byron (Republicanos), percebeu, através de desabafos de profissionais e alunos, o aumento expressivo de violências psicológicas nas instituições educacionais. Tendo em vista esse fator, Byron visitou, ontem, 6, o comandante-geral da Polícia Militar de Sergipe, Marcony Cabral, para solicitar a intensificação das ações do Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd) nos ambientes escolares.

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, pelo menos 23% dos estudantes afirmaram ter sido vítimas de bullying nas escolas, sentindo-se humilhados e rejeitados por provocações feitas por colegas. Entre os principais motivos de sofrerem bullying, os três maiores percentuais informados pelos estudantes são: aparência do corpo (16,5%), aparência do rosto (11,6%) e cor ou raça (4,6%).

O parlamentar colocou o seu mandato à disposição do programa para que, juntos, possam enfrentar o problema social que resulta em sérios problemas nas vidas dos estudantes sergipanos. “É uma situação recorrente. Já fui integrante do programa e sei o quanto o Proerd é eficiente. Tenho certeza que a intensificação das ações nas escolas públicas e privadas vai conseguir minimizar esses números. Não podemos deixar que nossas crianças e adolescentes continuem sendo vítimas desse tipo de violência, que pode ser solucionada com muito diálogo e ações pedagógicas”, avaliou Byron.

De acordo com o vereador, pensar na prevenção e combate ao bullying é pensar na segurança e na saúde mental dos estudantes e cidadãos aracajuanos. “Esse pedido dialoga com a proposta do meu mandato, principalmente no que se refere ao pensar na segurança e proteção das pessoas. Sabemos e temos exemplos de acontecimentos que abalaram toda a sociedade, que ocorreram após episódios de bullying. Tenho certeza que a atuação do Proerd, sendo intensificada nesse sentido, vai ajudar muito nesse processo de conscientização”, observou.

O comandante-geral reconheceu a importância do mandato do vereador em Aracaju e enxerga como um importante apoio das ações do Proerd na capital. “Estamos fazendo estudos e analisando as possibilidades para reforçarmos a atividade do Proerd tanto em Aracaju, como também no interior sergipano. Ter um mandato atuante nas escolas com o foco na segurança é muito relevante para nós. Esses dados apresentados na reunião nos direciona bem. Vamos atuar para combater o bullying nas escolas”, afirmou o coronel Marcony.

Foto assessoria

Por Pábulo Henrique

  Editoria: