São Cristóvão desenvolve Plano de Imunização da População contra a covid-19

janeiro 07 15:44 2021 Imprimir Conteúdo

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde (DIVAS), já dispõe do plano de operacionalização da vacinação contra a Covid-19 para o município de São Cristóvão. O Plano de Imunização estabelece as estratégias e ações para operacionalizar a vacinação em São Cristóvão e apresenta o planejamento para a distribuição da vacina nas salas de vacina do município. Além disso, o documento define quais grupos prioritários receberão a vacina.

“Nosso plano engloba a organização da rede de frios, capacitação dos profissionais, e também a compra dos insumos necessários. Dentre os grupos prioritários, a primeira fase provavelmente englobará os idosos com maior idade e os profissionais de saúde, no entanto ainda aguardamos maiores definições do governo federal acerca do Plano Nacional de Imunização (PNI), isso porque precisamos assumir todas as normativas do PNI”, explica Beatriz Costa, coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município.

O Plano de Imunização prevê também como se dará o processo de qualificação dos profissionais da rede de saúde e a otimização dos recursos existentes por meio de planejamento e programação local. Atualmente, São Cristóvão possui 5 salas de vacina distribuídas estrategicamente na cidade, nas Unidades de Saúde Massoud Jalali (bairro Rosa Elze), UBS Maria José Soares Figueiroa (bairro Eduardo Gomes), UBS Jairo Teixeira (bairro do Centro Histórico), UBS Ironia Maria Aragão Prado Meireles (Bairro Romualdo Prado), e UBS Sinval José de Oliveira (bairro Lauro Rocha).

Há a previsão de que o município realize a abertura de mais duas salas de vacina, na UBS Mariano Nascimento (bairro Rosa Maria) e UBS Raimundo Aragão (bairro Alto da Divinéia), o que aumentará a capacidade de vacinação no território.  Além destas, todas as unidades de saúde realizam a vacinação da população de forma volante, com cronograma pré-estabelecido e amplamente divulgado.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Beatriz Costa, lembra que São Cristóvão já oficializou via ofício o interesse na compra de 128 mil doses da vacina Coronavac junto ao Instituto Butantan (SP), enfatizando que a compra apenas ocorrerá caso a vacina não seja incluída no Plano Nacional de Imunização (PNI) do governo federal.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: