Samuel participa de reunião na SES para discutir a falta de profissionais da área de saúde em Sergipe

Samuel participa de reunião na SES para discutir a falta de profissionais da área de saúde em Sergipe
julho 12 17:07 2019 Imprimir Conteúdo

 

Médicos Cubanos e brasileiros formados fora do país buscam apoio do parlamentar para que possam prestar serviço nos municípios sergipanos.

Na tarde desta quinta-feira, 11, o deputado estadual Capitão Samuel, participou de uma reunião na secretaria estadual da Saúde, acompanhado por uma comissão de médicos cubanos e de médicos brasileiros formados no exterior. A visita teve o objetivo de buscar uma forma em que o estado possa empregar estes pais de família aqui no país. A ideia é de que o estado aproveite estas mãos de obra, que precisam se manter, e assim a população que mora em municípios mais carentes, também tenham assistência no atendimento à saúde.

A responsável pelo setor de planejamento e fiscalização do Programa ‘Mais Médicos’ em Sergipe, Elisa Leite, e o Diretor da área de Planejamento da SES, Dr. João Lima Jr., também participaram da reunião onde debateram algumas soluções. Durante a conversa ficou claro que estas decisões passam pelo governo federal.

Na próxima semana, o deputado Capitão Samuel irá a Brasília, com reunião agendada com o ministro da Saúde, para tratar deste tema que já está sendo debatido no governo do Presidente Bolsonaro. O Governo Federal tem o objetivo de abrir oportunidades para que estes profissionais sirvam ao povo sergipano e brasileiro nos municípios mais distantes. Diversos municípios ficam desassistidos, pois diversos médicos que não desejam trabalhar em determinadas regiões.

Segundo o Capitão Samuel esta é uma luta em busca da qualidade da Saúde do sergipano. “Nós abraçamos essa luta com o nome ‘Mais Médicos Sergipe’ e vamos à Brasília para apoiar e fortalecer a discussão de uma medida provisória que permita que estes profissionais exerçam as suas atividades, proporcionando qualidade a saúde primária e básica, que o nosso estado tanto precisa”, declara.

Foto assessoria

Por Anne Isabelle

  Editoria: