Samu realizou mais de 15 mil atendimentos durante a pandemia

Samu realizou mais de 15 mil atendimentos durante a pandemia
agosto 27 10:47 2020 Imprimir Conteúdo

A pandemia do novo coronavírus chegou a Sergipe em março e trouxe consigo o crescimento exponencial das demandas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), órgão gerenciado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na assistência pré-hospitalar o aumento foi superior a 100%, enquanto no transporte inter-hospitalar  o crescimento girou em torno de 250%, conforme  dados do Samu. Nesse período, o número de chamadas totalizou 135.646 solicitações.

Detalhando os números, observa-se que na modalidade de transporte inter-hospitalar a Unidade de Suporte Avançado (USA) realizou no período 1.182 transferências de pacientes. Em março, foram 86 transferências feitas por USA, número que pulou para 392 um julho, revelando um crescimento nesta modalidade de mais de 300%.

Já as transferências inter-hospitalares feitas por Unidade de Suporte Básico (USB) somaram 1.406 no período. “Fazendo a comparação entre março, com 116 transferências, e julho, com 387, percebe-se um crescimento de mais de 200%”, disse o coordenador Administrativo do Samu, Edilton Bezerra,  acrescentando que o transporte inter-hospitalar respondeu por 15% de toda demanda do Samu no período.

Entre março e julho, o serviço pré-hospitalar totalizou 15.432 assistências, realizadas em sua grande maioria pelas Unidades de Suporte Básico, que responderam por 12.483 atendimentos.  As Unidades de Suporte Avançado atenderam a 2.949 ocorrências. Em março, USA e USB realizaram 1.745 atendimentos contra 3.526 em julho. O aumento foi de pouco mais de 100%.

Foto Valter Sobrinho

ASCOM SES

  Editoria: