Rogério diz que vai retomar o crescimento econômico de Sergipe para gerar emprego e renda

Rogério diz que vai retomar o crescimento econômico de Sergipe para gerar emprego e renda
março 29 10:36 2022

O senador e pré-candidato ao governo de Sergipe, Rogério Carvalho (PT-SE), participou, nesta terça-feira (29), de entrevista do jornal da Rio 1ª Edição, ocasião em que apresentou uma série de propostas para o estado retomar o desenvolvimento, gerar emprego e distribuir renda. Segundo o parlamentar, a solução passa por aumentar a riqueza que circula na economia do estado.

“Só vamos resolver ou diminuir o desemprego e aumentar a renda da população se a gente aumentar a riqueza circulante no estado de Sergipe e para isso nós estamos estudando, estamos preparados, sabemos onde buscar recursos para todas essas iniciativas”, afirmou.

De acordo com o senador Rogério, é preciso mudar o modelo de desenvolvimento e focar no financiamento dos pequenos produtores. Além disso, defendeu que há espaço para mais de 100 agroindústrias no estado de Sergipe.

“Toda nossa riqueza é transportada para fora. Nós precisamos construir agroindústrias. Por exemplo, a carcinicultura, que é a produção de camarão, nós não processamos todo camarão que é produzido aqui, se nós processássemos no sistema cooperado, nós poderíamos dobrar a produção de camarão e dobrar a riqueza e gerar emprego e renda para nossa população”, explicou.

Para isso, o senador Rogério defende o estado forte e indutor da economia.

“O estado não tem que ser empresarial, mas o estado precisa ser indutor. O sucesso das grandes economias modernas tem a ver com o conceito moderno de economia que é economia projetada. O que é economia projetada? O estado projeta que setores precisam de investimento e como fazer chegar esse investimento ao setor produtivo, ao setor empresarial e como empresariar quem não consegue empresariar”, declarou.

Durante a entrevista, o senador petista também classificou como uma vergonha a quantidade de crédito que circula no estado de Sergipe

“Nós temos um banco. Nós devemos emprestar cinco bilhões, seis bilhões, aos micros e pequenos empresários para retomar a nossa atividade produtiva, para criar agroindústrias vinculada a pequenos produtores”, disse.

Na ocasião, o senador Rogério firmou um compromisso com o povo sergipano pela água tratada para todos.

“Eu tenho um compromisso com o povo de Sergipe: 100% de água tratada para toda a população, ou seja, 100% da população com água tratada em casa”, afirmou.

O senador Rogério explicitou ainda que, em um eventual governo dele, será possível os sergipanos e sergipanas realizarem exames como tomografia, cateterismo e outros em centros de diagnóstico espalhados pelo estado. De acordo com ele, cada um desses centros, completamente equipado, custa R$ 20 milhões.

“Eu garanto a vocês que em dois anos nós temos os centros de diagnóstico no estado. Com R$ 100 milhões, e faço cinco grandes centros de diagnóstico”,  assegurou.

MARCELO DÉDA

O senador Rogério recordou na entrevista que fez parte de uma aliança liderada pelo ex-governador petista Marcelo Déda e que opção pela pré-candidatura dele foi a do PT resgatar um pouco dos sonhos de Déda.

“Nós temos o compromisso de retomar parte daqueles sonhos, daqueles desejos que o Marcelo Déda tinha, quando foi governador e que teve a sua carreira interrompida por conta de uma doença grave que o levou à morte. Segundo nós temos que ter um compromisso maior com a necessidade da população do que mesmo com os arranjos políticos que se formam e o que a gente tem visto é que o estado entrou em um processo de paralisia total”, pontuou.

LULA

Rogério Carvalho declarou ainda que outro caminho para a retomada do desenvolvimento de Sergipe é o investimento em outras riquezas, como as minas de calcário, a exploração da carnalita e a retomada das atividades da Petrobras no estado. Sobre isso, o senador Rogério afirmou já ter conversado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o tema.

“Já conversei com o presidente Lula sobre a retomada das atividades da Petrobras, da base da Petrobras no estado de Sergipe, porque é o que gera emprego, porque é o que está no entorno da operação da plataforma que explora, a produção de comida, a produção de serviço, manutenção etc. Já conversei com ele a necessidade de a base voltar para Sergipe, já conversei com ele sobre o projeto carnalita, já conversei com ele sobre a ampliação da produção de fertilizantes nitrogenados no estado de Sergipe, porque a gente tem gás natural, a construção do gasoduto”, explicitou.

Outro ponto que o senador sergipano disse ter tratado com Lula foi a necessidade da expansão do porto de Sergipe, que atualmente está subutilizado, e a execução das obras estruturantes do estado, como o canal do Xingó.

PETROBRAS

Durante a entrevista, o parlamentar fez duras críticas ao governo Bolsonaro, especialmente no que diz respeito à política de preços dos combustíveis da Petrobras, que, segundo ele, é a principal responsável pela disparada da inflação no país.  O senador Rogério afirmou que a mudança na direção da estatal anunciada por Bolsonaro não terá qualquer impacto na vida da população, se não acontecer uma mudança real na política da empresa.

“Tem que mudar a fórmula e tem que entender que a Petrobras é uma empresa pública que mexe com um insumo estratégico que movimenta toda a economia e isso é uma questão de segurança nacional”, defendeu.

Foto assessoria

Por Cris Silva

  Editoria: