Ricardo Marques sugere força tarefa para fazer licitação do transporte público de Aracaju

março 31 05:00 2022

 

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) convidou os colegas da comissão de transportes da Câmara municipal parlamento para saber como foi feita a licitação do transporte público da cidade de Maceió, capital  de Alagoas.

“Não dá para ficar parado esperando que um dia o prefeito Edvaldo Nogueira cumpra a promessa feita ainda em 2011, quando disse que ia fazer a licitação do transporte público de Aracaju. A ideia de ir a Maceió se deu para saber como foi o processo de licitação de lá que ocorreu em 2015 e como está hoje”, Diz Ricardo Marques.

O parlamentar foi recebido pelo então procurador-geral da prefeitura de Maceió na época, Ricardo Wanderley,

que foi encabeçou todo o processo e pela promotora de justiça do Ministério Público de Alagoas, Fernanda Moreira, que acompanha até hoje o desenrolar do resultado da licitação em Maceió.

Também ocorreram conversas com representantes da SMTT e representantes das empresas e vereadores da capital alagoana.

A ida para Maceió foi muito importante. A promotora de justiça traçou uma linha histórica de todo o processo que passou pelas mãos de três gestores municipais diferentes até sua conclusão. Falou das dificuldades e dos desafios. Foi unânime entre eles que a licitação deu um novo rumo ao transporte público de Maceió.

“Hoje está claro os direitos e deveres das empresas e do poder público, ficaram definidas as regras para um sistema que era totalmente desorganizado”, disse a promotora de justiça Dra. Fernanda Moreira

Maceió fez a licitação há aproximadamente 5 anos. Quatro empresas rodam na cidade. A idade média da frota de ônibus é de cinco anos e oferecem Wi-Fi para os passageiros. A implantação da bilhetagem eletrônica em 100% da frota foi feita com prazo para adaptação do usuário.  Foi a capital que reduziu o valor da passagem, estudante tem passe livre e aos domingos a população paga meia. Em conversa com os empresários o próximo passo é a colocação de veículos com ar-condicionado.

“Claro que ainda existem muitos problemas para serem resolvidos, porém percebe-se um entusiasmo de todo o setor: prefeitura, Ministério Público, empresários, trabalhadores e a população. Foi uma conversa muito produtiva. A sugestão que trago é criarmos uma força tarefa para iniciarmos imediatamente o processo de licitação em Aracaju,” diz Ricardo Marques.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: