PT de olho nas tetas

novembro 07 08:05 2018 Imprimir Conteúdo

Essa agonia de parte do PT em ocupar generosos espaços na futura administração do governador Belivaldo Chagas (PSD) tem uma explicação lógica: derrotados na disputa pela presidência da República, alguns vermelhinhos querem mamar à vontade nas tetas do governo de Sergipe. Agradaria sobremodo aos famintos petistas, se Belivaldo lhes entregasse nacos do poder como a poderosa Secretaria da Saúde e ainda os consultasse sobre as fatias a serem distribuídas com os demais partidos aliados. Lamentavelmente, esta sangria desatada de setores do PT não objetiva defender dias melhores para o povo sergipano. Tudo não passa do desejo incontido de presentear, com sinecuras custeadas pelo contribuinte, os vermelhinhos derrotados nas últimas eleições, além daqueles que estão desempregados desde que o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) lhes tirou da boca as gordas tetas do governo federal. Danôsse!

Até que enfim

Finalmente, a Justiça interviu no Hospital de Cirurgia, em Aracaju. Foram afastados os diretores Milton Sousa de Santana (presidente), Gilberto dos Santos (1º tesoureiro), Luciano Passos de Sousa (2º tesoureiro) e José Augusto Santos da Silva (1º secretário). Também foi nomeada como interventora da Cirurgia a servidores pública Márcia de Oliveira Guimarães. Os diretores afastados são suspeitos de improbidade administrativa, nepotismo, supersalários e o diabo a quatro. Crendeuspai!

Receitando defunto

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) descobriu, finalmente, porque o governador Belivaldo Chagas (PSD) deu um passeio nas urnas. Num longo e choroso artigo, o velho político reconhece que os aliados foram fundamentais para a reeleição do “Galeguinho”. Pena que o senador tenha demorado tanto para descobrir os motivos que fizeram naufragar a candidatura do filhote Vavazinho (PSB) ao governo de Sergipe. Marminino!

Chamou na chincha

Dia sim outro também, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) solta os cachorros no prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Segundo a moça, o comunista vive num mundo de ficção e não se cansa de “vender ilusão e mentira aos aracajuanos”. Achando pouco, Emília compara Edvaldo a Pinóquio, manda-o trabalhar e pede que respeite o povo. Homem, vôte!

Reboliço na serra

Itabaiana está em polvorosa com a prisão, hoje cedo, do prefeito Valmir de Francisquinho (PR). Ele e outras quatro pessoas também presas são acusados de terem desviado cerca de R$ 2 milhões da Prefeitura. Segundo o Ministério Público e a Polícia Civil, o prefeito e quatro auxiliares ficaram com a maior parte das taxas recolhidas para abate de bois no matadouro de Itabaiana. Cruz, credo!

Agradecendo votos

O senador eleito Alessandro Vieira (Rede) foi a Aquidabã agradecer os 3,8 mil votos que teve no município. Após conhecer os projetos da Prefeitura que dependem de recursos federais, Vieira almoçou no Povoado Jurema. Aos eleitores, o delegado-senador disse que a sua estrondosa vitória “foi de cada um que acreditou ser possível pessoas de bem mudarem a velha política”. Então, tá!

Tomem prumo!

Numa indireta ao PT, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) critica a pressa de alguns aliados para discutir o pleito de 2020: “Falar em eleições futuras quando ainda nem assumimos a nova legislatura, é desrespeitar o eleitor”, ensina Mitidieri. O jovem parlamentar sugere aos aliados que primeiro mostrem serviço para só depois pensarem em projetos futuros. Aff Maria!

Novo blogueiro

E quem está pensando em ser blogueiro é o ainda senador Eduardo Amorim (PSDB). Após o fim do mandato, o tucano – médico e jornalista – pretende voltar a clinicar, “ser blogueiro ou manter uma página nas redes sociais”. Segundo Amorim, a política não pode ser vista como profissão, contudo garante que, mesmo sem mandato, continuará fazendo política. Ah, bom!

Concurso atrasado

A Câmara Municipal de Aracaju ainda não sabe quando promoverá o concurso público para contratar novos servidores. Segundo o presidente do Legislativo, vereador Josenito Vitale (PSD), o “Nitinho”, o concurso só acontecerá depois da aprovação do novo organograma da Casa. Levantamento feito recentemente pelo Tribunal de Contas de Sergipe mostra que dos 775 servidores da Câmara, 621 são cargos comissionados indicados pelos vereadores. Bom que só, né?

Lendo mais

Uma boa notícia: a pesar das dificuldades das livrarias brasileira, o consumo de livros voltou a crescer agora em 2018. De janeiro a outubro deste ano, as vendas em volume tiveram uma alta de 3,65% em relação ao mesmo período do ano passado. Na mesma comparação, houve uma alta de 5,37% no faturamento total. Segundo o Sindicato Nacional das Editoras de Livros, o valor médio por exemplar vendido também subiu, atingindo R$ 43,24.

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 12 de dezembro de 1915.

Resumo dos Jornais

  Editoria: