Projeto Mulheres de Cores comemorou o Dia da Mulheres na feira livre de Estância

Projeto Mulheres de Cores comemorou o Dia da Mulheres na feira livre de Estância
março 09 07:46 2019 Imprimir Conteúdo

Nesta sexta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher, o Projeto Mulheres de Cores, promoveu uma ação educativa na feira livre de Estancia. As integrantes do projeto distribuíram livros sobre a Lei Maria da Penha e conscientizou o público feminino sobre a necessidade de denunciar qualquer tipo de violência pessoal ou sofrida por quaisquer outras mulheres.

A ação teve o objetivo de desconstruir o ilusório mundo “cor de rosa” sustentado por uma pequena categoria, e conscientizar as mulheres sobre os seus direitos e sua importância social.

Suely Barreto, idealizadora e coordenadora do projeto, destacou a importância do evento:

“Precisamos intensificar o trabalho de proteção ao público feminino e destruir a fantasia do mundo cor de rosa e da fragilidade imposta pelo comportamento machista. Muito mais que receber flores e elogios, hoje é dia de luta e de conscientização. A cada 15 segundos uma mulher é agredida o Brasil, 45% dos feminicídios acontecem pelo inconformismo dos homens com a separação e 30% por causa de ciúmes, sentimento de posse e machismo. Infelizmente, de cada 10 mulheres , 7, já sofrem algum tipo de violência ao longo da vida. A união das mulheres, pode mudar essas tristes estatísticas”, pontuou.

“Representando as mulheres de cores, integrantes do projeto, agradece a todas as mulheres pela receptividade e carinho recebido e convida todas aquelas dispostas a abraçarem à causa, a conhecer e apoiar essa iniciativa”, finalizou Suely.

O evento contou com as presenças de professoras, assistentes sociais, cantora, donas de casa e a receptividade das mulheres foi o melhor presente que o projeto poderia receber como apoio e incentivo para as novas ações.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: