Projeto Escola de Dança de Sergipe seleciona alunos da rede estadual

Projeto Escola de Dança de Sergipe seleciona alunos da rede estadual
janeiro 17 13:53 2018 Imprimir Conteúdo

Projeto nasceu do anseio do governador Jackson Barreto em motivar os jovens à prática da dança

Por Ítalo Marcos

O Governo do Estado, através da parceria entre Secretaria de Estado da Educação (Seed), Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Casa Civil, está lançou o projeto Escola de Dança de Sergipe (DanSE). A atividade surgiu através da elaboração do Programa Qualificação em Dança, iniciativa que irá capacitar jovens de todo o estado no ensino da dança clássica.

O lançamento foi realizado na tarde de terça-feira, 16, no Colégio Estadual Secretário Francisco Rosa Santos, no conjunto Bugio, em Aracaju, onde a comunidade passou a conhecer o projeto, através de apresentações culturais. Na tarde desta quarta-feira, 17, às 14h, será a vez da comunidade do Centro de Excelência Vitoria de Santa Maria. Os alunos dessas duas escolas passarão por uma pré-seleção para depois fazerem parte da Escola de Dança de Sergipe.

De acordo com a representante da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA), Amanda Carolina Garcez, o projeto tem como público os estudantes, mas é aberto a toda a comunidade. Serão ofertadas 150 vagas para cada colégio, num total de 300 vagas para aprender balé e dança clássica.

“O governador observou, durante alguns eventos, que os alunos se interessam pela dança em grupo. Então ele resolveu implantar esse projeto, que será muito importante, pois isso vai estimular a inclusão e evitar a evasão escolar. A gente percebe que projetos assim aumentam a frequência nas escolas e melhoram as médias dos alunos”, disse.

Ainda segundo Amanda Carolina, a parceria entre a Seed, Secult e Casa Civil também visa realizar apresentações dos alunos em teatros da capital sergipana e bolsas de estudos em escolas de dança.

Aulas

As aulas de dança serão orientadas pela professora mestre em dança Cecília Cavalcante, que estabelecerá os objetivos, conteúdos e procedimentos metodológicos e avaliativos.

A Proposta Artístico-Pedagógica será confeccionada por uma equipe formada por professores, pedagogos, coordenador de projetos especiais, coordenador pedagógico e diretor. Serão ofertados três ciclos: Fundamental, Intermediário e Profissionalizante, que serão organizados em módulos e laboratórios. Todos os alunos devem estar matriculados em escola pública e cursando regularmente.

O ciclo fundamental tem como público-alvo crianças entre 7 e 12 anos; o intermediário é para adolescentes de 11 a 16 anos, e o ciclo profissionalizante, jovens e adultos a partir dos 15 anos que já concluíram o primeiro grau.

Ao final ou início de cada ano será realizada uma seleção para que se oportunize o ingresso de novos participantes no programa, desde que tenham desempenho compatível com o exigido pela Escola de Dança de Sergipe e que haja vagas remanescentes. Cada turma contemplará de 25 a 30 alunos participantes.

Foto assessoria

  Editoria: