Presidente do Sindimed se retrata de declaração caluniosa contra Edvaldo

Presidente do Sindimed se retrata de declaração caluniosa contra Edvaldo
março 12 14:40 2019 Imprimir Conteúdo

 

O presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe, João Augusto Oliveira, se retratou, nesta terça-feira, 12, das declarações caluniosas que havia feito contra o prefeito Edvaldo Nogueira. Durante audiência no Juizado Especial da Comarca de Aracaju, segundo consta no termo da audiência, o sindicalista disse que “se retratava cabalmente em relação a todos os fatos articulados na queixa”, o que significa dizer que ele reconheceu que mentiu quando acusou o gestor municipal de não conceder reajuste salarial para acumular recursos para futuras campanhas.

A retratação de João Augusto Oliveira foi aceita por Edvaldo Nogueira. Neste sentido, o juiz Marcelo Augusto Costa Campos decidiu pela extinção do processo. Em entrevista ao Portal Infonet, o prefeito afirmou que considerou a declaração do sindicalista “muito grave”, o que o motivou a entrar com a queixa-crime. “Não aceito qualquer ataque à minha honra”, ressaltou. João Augusto disse que retirava o que havia dito, pois “em nenhum momento quis se referir ao prefeito dentro do conceito de corrupção”.

Por Valter Lima

  Editoria: