Prefeitura já realizou mais de 220 castrações de cães e gatos este ano

Prefeitura já realizou mais de 220 castrações de cães e gatos este ano
abril 04 05:40 2022

 

Mesmo diante das limitações de acesso por conta da pandemia, a Prefeitura de Aracaju, por meio do Centro de Controle de Zoonose (CCZ), realizou, no primeiro trimestre deste ano, 222 castrações, sendo 119 gatos, 86 gatas e 17 cães. As castrações de caninos (apenas machos) e felinos (machos e fêmeas), são realizadas na sede do CCZ, localizado no Centro Administrativo do bairro Capucho. Em 2021, o Centro realizou 613 castrações, sendo 287 gatos, 258 gatas e 68 cães.

“Todos os animais que já estavam cadastrados estão na prioridade desse atendimento, que vem acontecendo continuamente. À medida que começarmos a realizar o cadastro online e novos animais forem listados, iremos respeitar a ordem de cadastramento”, explica a gerente do CCZ, Marina Sena.

A primeira etapa, antes da castração, consiste no cadastro online disponibilizado no site da Prefeitura de Aracaju. As próximas inscrições ainda não estão abertas, e assim que o link estiver disponível, o anúncio será feito em todos os canais de comunicação oficiais do Município.

“Quando reabrimos as inscrições, o tutor, residente em qualquer bairro da capital, deverá se cadastrar com o RG, comprovante de residência e comprovante de renda de até 1,5 salário mínimo, que pode ser contracheque recente ou, caso não tenha, a ficha resumo do Cras [Centro de Referência da Assistência Social]. No cadastro online, o tutor poderá cadastrar até cinco animais, sendo cães (apenas machos) com idade de 1 a 8 anos e gatos (machos e fêmeas) de 6 meses a 8 anos”, enfatiza a gerente.

Animais comunitários

Os animais que vivem em locais públicos poderão ser esterilizados, desde que alguém se responsabilize durante o período pós-cirúrgico e tenha um lar temporário para a recuperação. Os animais de ONGs cadastradas no CCZ poderão ser castrados, conforme programação específica.

Para sanar dúvidas, o tutor pode entrar em contato com o Centro pelo 3179-3564, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h.

Centro de Controle de Zoonose

No CCZ, a Prefeitura mantém ainda o Programa de Controle da Esquistossomose, cuja equipe faz a busca ativa de pacientes positivos que ainda não sabem que têm a doença. Para isso, faz a coleta do material e leva para o laboratório do próprio Centro, onde são recebidas e analisadas as amostras. Além desse exame, o laboratório também realiza o teste rápido de Leishmaniose Visceral Canina, dentro do Programa de Controle da Leishmaniose.

O Centro também é responsável pela triagem veterinária, realizada em consultório, o qual funciona da seguinte maneira: o morador com suspeita de ter um animal doente o leva ao CCZ, onde é coletado o material para análise e aplicada a vacina antirrábica, cuja é oferta é garantida durante todo o ano.

Foto: Ascom/SMS

  Editoria: