Prefeitura garante supressão responsável de árvores em Aracaju

maio 27 16:36 2022

 

Na busca por evitar riscos à integridade patrimonial e física dos aracajuanos, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) e Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), mantém equipes responsáveis por responder às solicitações de potencial tombamento arbóreo, averiguando a necessidade ou não de supressão das espécies.

Esse trabalho, feito durante todo o ano, ganha relevância nos períodos chuvosos, quando os ventos fortes aumentam as chances das árvores perderem suas estabilidades.

“A Prefeitura faz o monitoramento, para que, uma vez detectada uma árvore com risco de tombamento, de maneira preventiva se possa fazer a supressão, assim como limpeza e adequação da área. É importante salientar que não é intenção da Prefeitura derrubar árvores de forma desnecessária, pelo contrário, o objetivo, é tornar a cidade cada vez mais verde”, explica o secretário do Meio Ambiente, Alan Lemos.

Entre janeiro e abril de 2022, 76 supressões foram autorizadas pela Sema. Qualquer cidadão aracajuano pode solicitar o serviço, por meio da plataforma AjuInteligente, pela ouvidoria da pasta, no número 3225-4151, ou presencialmente, na sede do órgão, que fica na rua Santa Luzia, 926, São José.

Embora a análise de risco seja feita prioritariamente pela Sema, a derrubada da árvore em si é feita pela Emsurb.

“Quando um munícipe aponta que, de acordo com o olhar dele, uma árvore oferece risco, uma equipe da Emsurb é encaminhada. No caso desse risco óbvio, constatado pelo engenheiro florestal, executamos a supressão e avisamos à Sema. Caso não seja óbvio, uma equipe de avaliação da Sema é acionada para averiguar a necessidade de supressão”, aponta o presidente da Emsurb, Bruno Moraes.

Todo cuidado é tomado pela administração municipal para impedir transtornos e, ao mesmo tempo, salvaguardar a flora da cidade, em ações guiadas pela sustentabilidade e respeito ao direito das futuras gerações de usufruir do meio ambiente preservado.

 

  Editoria: